terça-feira, 19 de setembro de 2017

Operadoras lideram ranking de reclamações do Procon-JP

O que você achou? 
Juntas as operadoras representam 15,15% das reclamações do Procon em João Pessoa, na Paraíba, em 2017.


Segundo dados do Procon-JP, divulgados na semana passada, as operadoras juntamente com os bancos são responsáveis pela maior parte das reclamações.

Juntas, Oi, Claro e TIM obtiveram 517 reclamações no órgão, entre 1° de janeiro e 31 de agosto de 2017, cerca de 15,15% do total de demandas recebidas no período. As reclamações em sua maioria são em relação a cobranças indevidas ou má qualidade do serviço prestado pelas empresas. 

A Oi lidera o ranking, sendo responsável por 356 reclamações, o que representa 10,43% das demandas. A Claro é a 3° colocada no ranking com 97 reclamações. A TIM está um pouco mais atrás com 64 reclamações no período. 

De acordo com o G1, a Oi afirmou que o tempo médio de espera dos usuários para resolução de problemas técnicos diminuiu cerca de 33% no 2° trimestre de 2017, em comparação com o mesmo período do ano anterior. A operadora também reduziu em 58% o número de ações na justiça e diminuiu 28% as reclamações no call center da Anatel, no primeiro trimestre desse ano. 

A TIM destacou que apesar de ser a segunda maior operadora no estado da Paraíba é a que menos sofreu com reclamações no Procon-JP e ressaltou que seguirá realizando melhorias no atendimento digital e outras plataformas de relacionamento

LEIA TAMBÉM:


2 comentários:

  1. Faltou a vivo! Tô achando que é pesquisa forjada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Da vivo ninguém reclamou por que é impossível falar com um atendente, você fica 20,30 minutos ouvindo aquela musiquinha chata e ninguém te atende.

      Excluir