sábado, 16 de setembro de 2017

Mais uma vez, leilão de satélite brasileiro é adiado

O que você achou? 
Telebras marca para 17 de outubro o leilão de dois lotes da banda Ka do SGDC, que fornecem 23 Gbps por segundo.

O leilão do satélite geoestacionário da Telebras, o SGDC, foi adiado mais uma vez. Até então, aconteceria no dia 27 de setembro, mas a nova data agora é 17 de outubro, porque, segundo a Telebras, isso atenderá às novas solicitações de empresas interessadas em participar da licitação.

O SGDC, lançado em maio de 2017 na base espacial de Kourou, na Guiana Francesa, é o primeiro satélite exclusivamente brasileiro, que pretende ampliar a internet banda larga no Brasil, principalmente em áreas remotas.

Em sua primeira apresentação comercial (road show), o presidente interino da Telebras, Jarbas Valente, destacou também o benefício de custo-benefício. Segundo ele, o valor da oferta de banda larga por satélite no país passará a ser 10 vezes mais baixo do que o praticado atualmente.

O leilão, que agora só acontecerá no mês que vem, será de dois lotes da banda Ka, com 23 Gbps por segundo e duração de cinco anos, com possibilidade de prorrogação por mais cinco anos. Dos 56 Gbps totais do satélite, 11 ainda serão da Telebras, e 12 ainda poderão ser vendidos em um novo leilão, se houver demanda para isso.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário