domingo, 3 de setembro de 2017

Embratel terá novo satélite para ampliar cobertura de TV e internet

O que você achou? 
O Star One D2 irá melhorar a qualidade e ampliar as ofertas de banda larga e TV da NET e da Claro, e deve começar a operar em 2019.


A Embratel Star One, maior operadora de satélites da América Latina, anunciou a construção do seu 12° satélite, o Star One D2. O aparelho é o maior já fabricado pela empresa e deve ser lançado no fim de 2019.

O satélite terá Banda Ka para atender às demandas das redes de telefonia móvel e também será equipado com bandas C e Ku para complementar as ofertas de dados, vídeos e internet para clientes corporativos, além de ampliar a capacidade das redes de celular em Banda Ku.

O CEO da Embratel, José Formoso, destacou que a meta é continuar o processo de expansão das redes de telefonia móvel e banda larga no Brasil, reforçando a presença da empresa como líder na operação de satélites.

A intenção da Embratel Star One é atender as necessidades das operadoras - principalmente NET e Claro - e também emissoras de TV, canais independentes, bancos e governo, recebendo e transmitindo sinais de TV, rádio, telefonia, internet, dados e aplicações de entretenimento.

No total, o Star One D2 tem potência estimada em 19.280 KW e terá uma vida útil de pelo menos 15 anos. O aparelho terá 28 transponders (receptores e transmissores de sinal) em Banda C, 24 em banda Ky e 20 Gbps de capacidade em Banda Ka.

O satélite complementará a cobertura do Star One D1, expandindo a oferta de capacidade de internet móvel e banda larga nas regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste. Ele será controlado a partir do maior centro de operações da América Latina, localizado em Guaratiba, no Rio de Janeiro.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário