terça-feira, 19 de setembro de 2017

AT&T estuda vender operações da SKY na América Latina

O que você achou? 
A operadora acredita que a venda das operações pode facilitar a aprovação da aquisição da Time Warner Cable. 

Segundo informações divulgadas pela agência de notícias Reuters, no último sábado, 16, a empresa AT&T avalia a venda da maior parte das operações da SKY e da Directv na América Latina. O objetivo da venda seria reduzir a dívida que a companhia adquiriu com a compra da Time Warner Cable. 

Dois modelos de negócios estão sendo estudados pela empresa. A primeira seria a venda separada das operadoras em cada país. A segunda opção seria a venda das operações em bloco para uma única empresa ou consórcio. A princípio, a única operação que continuaria sobre controle da AT&T seria a SKY México, onde além de TV por assinatura, a operadora também vende serviços de telefonia móvel. 

A empresa acredita que a venda das operações pode facilitar a aprovação da compra da Time Warner Cable. A junção entre as companhias foi aprovada na maioria dos países da América Latina, com diversas restrições. No Brasil e nos Estados Unidos, o processo ainda está sendo analisado.

No fim de agosto, a Superintendência Geral do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) recomendou o veto da operação, que deve ser julgada no tribunal do conselho ainda este ano.  

LEIA TAMBÉM:


Um comentário: