terça-feira, 29 de agosto de 2017

Google deixa metade do Japão sem internet

O que você achou? 
Apesar do erro da multinacional ter durado apenas oito minutos, problema afetou indústrias e usuários com conexão lenta o dia inteiro.

Na semana passada, quase metade do Japão perdeu o acesso à internet devido a um erro do Google. Foi na sexta-feira (25) pela manhã que a multinacional afirmou ter enviado informações erradas à rede, que a fizeram funcionar como uma espécie de provedora de telecomunicações. Como ela não é e nem possui infraestrutura para esse tipo de serviço, as conexões dos usuários acabavam falhando.

O erro do Google demorou exatos oito minutos para ser consertado. No entanto, os clientes das duas maiores operadoras de telecom do país – NTT Communications e KDDI Corp. – ficaram sem internet ou com conexão extremamente lenta por horas. Quem utiliza o “WhatsApp japonês”, por exemplo (que, na verdade, se chama “Line”), teve instabilidade por cerca de 1h30.

Internet lenta ou inacessível geralmente é sinônimo de problemas e prejuízo, e foi exatamente o que aconteceu no Japão para sites de e-commerce, corretoras, indústrias e usuários no geral. Nessa história, saíram ganhando apenas as empresas de cibersegurança, com valorização nas ações em mais de 10% somente naquele dia.

Como o problema preocupou os consumidores, as empresas, além de ter envolvido a gigante da internet, o Ministério de Relações Internas e Comunicações do Japão resolveu iniciar uma investigação sobre o ocorrido, para entender mais a fundo os motivos do problema, mesmo que já tenham afirmado que se trata de um erro comum. É, parece que até o Google tem seus pequenos grandes deslizes. 

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário