domingo, 13 de agosto de 2017

Algar Telecom tem lucro de R$ 65 milhões no 2º trimestre

O que você achou? 
Além do aumento de quase 58% no lucro, Algar Telecom também melhorou a receita líquida consolidada e base de clientes de banda larga, telefonia fixa e móvel.


Após as maiores operadoras de telecomunicações - TIM, Vivo, Oi e Nextel - divulgarem os resultados trimestrais, foi a vez da Algar Telecom, nesta sexta-feira (11), expor os números relacionados aos meses de abril a junho de 2017. O principal destaque vai para o lucro líquido da operadora, que aumentou 57,9% em comparação com o mesmo período de 2016 e atingiu o valor de R$ 65,2 milhões.

A empresa, que tem 72% dos serviços focados em telecomunicações, encerrou o 2º trimestre do ano com 3,6 milhões de unidades geradoras de receita (UGRs), um aumento de 230 mil em relação ao ano passado. Para a Algar Telecom, essa evolução de 6,8% foi impulsionada pelo crescimento nos serviços de banda larga (11,7%) e telefonia fixa (10,6%).

Já a telefonia móvel registrou uma porcentagem bem menor, mas também de aumento: 1,4% no ano, sendo 0,4% da base pré-paga e 4,1% do pós-pago. O serviço que teve baixa foi o de TV por assinatura (-3,9%), sob a justificativa do “momento macroeconômico e a queda do número de usuários em função de substituição do serviço por produtos substitutos (OTT)”.

Ainda segundo o balanço da companhia, no final do trimestre, cerca de 220 mil clientes utilizaram os planos de ultra banda larga, ou seja, acima de 10MB, atingindo 44,2% da base total de banda larga fixa, com velocidade média de 15,51 Mbps. Entre outros números, a Algar fechou o mês de junho com 498 mil acessos no 2º trimestre, 1,7 milhão de linhas fixas e 1.304 mil de linhas móveis.

Receita

A receita líquida consolidada da empresa foi de R$ 670,6 milhões, o que mostrou uma evolução de 7,4% em um ano. O resultado positivo, neste caso, foi influenciado pelo aumento de serviços fechados pelo setor corporativo, de 11%, e o consumo de dados móveis, de 40,3%.

O EBITDA consolidado também foi destacado pela empresa, com evolução de 16,8%.

Investimentos

Apesar do aumento no lucro e na receita, os investimentos da operadora caíram. No segundo trimestre, a Algar investiu R$ 97,6 milhões, sendo que, no ano passado, investiu R$ 141,4 milhões. Mas a justificativa é que em 2016 houve a construção do cabo submarino, trabalhado desde o final de 2014, que envolveu um custo de cerca de R$ 50 milhões.

E para onde foram os investimentos neste ano de 2017? Segundo a Algar Telecom, 30% para a expansão das redes (principalmente com foco no mercado corporativo) e a ampliação das redes de banda larga e fibra ótica; 49% para a continuidade do negócio; 3% para o crescimento dos serviços de gestão de clientes e gestão de serviços de TIC; além de 18% focados em manutenção e qualidade dos serviços.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário