quinta-feira, 6 de julho de 2017

Vivo investe em 6,9 mil novas small cells

O que você achou? 
Implantação de pequenas antenas da Vivo será iniciada na maioria das cidades brasileiras.


Em primeiro lugar, para quem não conhece ou nunca ouviu falar de "small cells", trata-se de pequenos aparelhos espalhados pelas cidades, que auxiliam as grandes antenas a distribuir o sinal da rede de uma operadora para realizar comunicação, tanto de voz quanto de dados, dos dispositivos móveis.

Mas com cada vez mais aparelhos necessitando de sinal, é preciso uma quantidade maior de antenas para suprir a demanda do consumidor. É aí que entram as small cells, pequenas antenas que funcionam para esse fim. E é exatamente pensando em uma melhor distribuição de sinal que a Vivo investiu nisso.

A empresa de telecomunicações assinou na última quarta-feira (5), um contrato com a JCDecaux - empresa com foco em publicidade exterior - para realizar a implantação de small cells no mobiliário urbano, tendo início efetivo em grandes capitais e cidades com alta quantidade de habitantes.

O contrato entre as empresas visa a implantação em locais estratégicos, como relógios de temperatura e pontos de ônibus, alcançando o total de 6.900 novos pontos. As primeiras capitais a receber as small cells serão São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Salvador.

O contrato entre a Vivo e a JCDecaux prevê que as instalações sejam feitas em lugares discretos e que não atrapalhem ou conflitem com anúncios de publicidade, políticas ambientais urbanas e níveis de exposição às ondas de rádio.

Além disso, os dispositivos receberão energia elétrica e um medidor final de fibra ao pé de cada instalação escolhida pela Vivo, podendo ser compartilhado por outras operadoras que também tenham interesse em utilizar, futuramente.

LEIA MAIS:


Nenhum comentário:

Postar um comentário