quinta-feira, 27 de julho de 2017

TIM analisa compra da Cemig Telecom

O que você achou? 
A aquisição da CEMIG Telecom impulsionaria a oferta de banda larga fixa da TIM em áreas ainda não atendidas pela empresa.


O CEO da TIM, Stefano De Angelis, afirmou nesta quarta-feira, 26, que a operadora tem interesse em fazer aquisições e fusões no Brasil. O foco seriam empresas menores, como a Cemig Telecom, braço de telecomunicações da Companhia Energética de Minas Gerais, e a companhia já está analisando as vantagens e desvantagens da compra da empresa mineira.

De Angelis ressaltou que o negócio é interessante pela oportunidade de incorporar a rede de fibra já construída pela Cemig ao plano industrial da TIM em construções de  redes de fibra óptica. A Cemig Telecom foi colocada à venda recentemente.

No setor de banda larga fixa, as empresas menores vêm aumentando mais rapidamente a base de clientes, de acordo com os dados da Anatel referentes aos primeiros meses deste ano.

O executivo disse que o negócio ainda não está fechado e que a operadora está analisando os termos financeiros e as condições da empresa mineira.

De Angelis ainda falou sobre a tendência de consolidação da operação da TIM no Brasil com a Oi, que passa por um processo de recuperação judicial. Para o executivo, uma fusão entre as operadoras depende de como a Oi resolverá as questões do processo, e não descartou a possibilidade de uma futura união entre as empresas.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário