sexta-feira, 14 de julho de 2017

SKY deve contar com 100 novos canais até o fim do ano

O que você achou? 
Com o novo satélite Sky-B1, a operadora promete ampliar as ofertas de canais e agregar mais 100 novos canais a sua grade de programação


Com a chegada do satélite Sky-B1 e a inauguração de uma central de transmissão (JBC) em Jaguariúna, no interior paulista, a SKY deve aumentar a oferta de conteúdo e acrescentar pelo menos 100 novos canais na grade de programação até o fim do ano.

A capacidade do Sky-B1 permite à operadora carregar até 500 canais em HD e o JBC tem mais de 33 mil m², o que triplica a capacidade atual da SKY. O investimento da empresa é de cerca de R$ 1,3 bilhão.

A SKY promete inserir canais de experiência na grade, melhorando a forma de assistir conteúdo esportivo, e também canais a la carte, canais de aluguel de filmes e canais afiliados à Rede Globo em SD e HD.

Em julho, a SKY incluiu o canal ESPN Extra HD (canal 600), que é oferecido a la carte e está disponível para os assinantes que adquirirem combos de canais em alta-definição. O canal tem conteúdo exclusivo, como os campeonatos dos games Clash Royale, League of Legends e Counter Strike Go, por exemplo, e também transmite as etapas do X Games e partidas das maiores ligas do futebol europeu, entre outros conteúdos.

Uma novidade para assinantes da SKY que são fãs de esportes é a função de experiência, que permite sintonizar diversos canais no formato de mosaico numa mesma tela. Os canais ESPN já podem ser assistidos no formato e, até o fim do ano, os canais SporTV e Premiere também farão parte do serviço.

A operadora também vai ampliar a oferta cinematográfica com 20 canais de aluguel de filmes, 10 em HD e 10 em SD, que devem ficar disponíveis para todos os assinantes, inclusive para os que utilizam o Sky Pré-Pago, que poderão alugar filmes que acabaram de sair de cartaz nos cinemas mundiais.

A SKY também espera lançar mais de 40 canais de gêneros variados. Nesse ano, a operadora já incluiu os infantis Boomerang HD e Nick Jr. HD, além dos canais Fox Premium 1 e 2, do grupo FOX. Ainda devem entrar na grade de programação outros canais, como o Discovery Science, Vice e novos canais do Premiere.

E as boas notícias não param por aí! O Sky Media Center (SMC), que permite aos assinantes pausar programas ao vivo, programar a gravação de até cinco programas simultâneos, entre outras funcionalidades, será integrado em breve ao Sky Play, serviço de streaming da operadora que será lançado nesse semestre.

Recentemente, a SKY também anunciou novas opções de micro recargas para os clientes Sky Pré-Pago, com ofertas de 7, 15 ou 30 dias para os canais Telecine, HBO, Premiere, Combate e canais adultos.

A operadora também disponibilizou ainda o aplicativo Minha Sky, onde os assinantes podem acessar a guia de programação, gravar conteúdos à distância, alterar dados cadastrais, consultar fatura e, para os clientes Sky Pré-Pago, fazer recargas sem sair de casa.

LEIA TAMBÉM:


9 comentários:

  1. Penso que isso ainda não vai se tornar um atrativo para muito. Eu sou um exemplo. As emissoras deveriam parar de repetir 1500 vezes o mesmo filme em um período de tempo tão curto. São elas quem estragam o serviço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quem repete os filmes são as geradoras de canais, se o telecine repetir o filme duas vezes em uma semana vai repetir em todas as operadoras de TV porque o telecine é so um pra OITV SKY NET tec..

      Excluir
  2. não sei porque comercializar canais SD com HD. isso é atraso. continuo com a OITV.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que os SD são para os receptores antigos que não suportam HD.

      Excluir
    2. Cara nem todo mundo tem tv de led, ainda tem muitas tvs de tubos

      Excluir
    3. Eu tenho tv antiga com tubo e receptor HD da OiTV... O formato de transmissão não influencia a tv e sim o receptor... Concordo com o Miguel...

      Excluir
  3. Preciso concorda com o senhor José Mário Garcia, o Tooncast faz uma falta enorme na grade da Sky.

    ResponderExcluir