sábado, 29 de julho de 2017

Falha em 4G onde hackers roubam seu número de celular é descoberta

O que você achou? 
“Telefonista Fantasma” entra em ação ao invadir suas senhas, contas e dados, e até faz ligações e manda mensagens; falha vem da troca entre redes móveis.


Nesta semana, uma empresa chinesa chamada "360 Technology" anunciou um problema gravíssimo relacionado à invasão de hackers em celulares de inúmeros clientes. Durante uma conferência nos Estados Unidos, pesquisadores explicam quando perceberam que as redes móveis dos aparelhos permitiam uma brecha para que hackers fizessem ligações ou enviassem mensagens em nome do usuário, além de invadirem senhas, e-mails, contas bancárias e outros dados de identidade.

Telefonista Fantasma” foi o nome dado aos hackers que cometiam essa ação, vinda de uma falha na troca do 4G do celular para o 2G, por exemplo, o que acontece frequentemente quando o sinal de conexão está baixo.

Segundo o pesquisador Lin Huang, para garantir que a pessoa esteja usando o próprio número de telefone, os celulares enviam códigos de autenticação assim que se conectam à uma rede sem fio. Porém, justamente para fazer com que a conexão fique estável nessa troca de redes, essa etapa de autenticação não acontece.

Se o seu celular já foi invadido por esse tipo de falha, é difícil saber. Os clientes podem só ter começado a descobrir a falha porque mensagens e chamadas poderiam estar sendo feitas, mesmo quando o telefone não estava sendo utilizado. Ao acessar os celulares, portanto, os hackers têm acesso ao número da pessoa e, ao ativá-lo em outro aparelho, conseguem ter acesso a todo o resto.

E se você está se perguntando se alguém vai fazer algo para evitar com que isso aconteça, parece que sim. A própria empresa chinesa passou informações às organizações de redes móveis para corrigirem o problema – algumas, inclusive, já aprimoraram o processo de autenticação. E, claro, para que prestem mais atenção nesse tipo de falha e possível risco aos clientes.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário