segunda-feira, 24 de julho de 2017

Capitalização da Oi deve ser de R$ 3 bi após recuperação judicial

O que você achou? 
 Marco Schroeder, presidente da Oi, afirmou que a expectativa é de uma injeção de R$ 3 bilhões após a aprovação do plano de recuperação judicial da empresa.


Na última sexta-feira, 21, o presidente da Oi, Marco Schroeder, admitiu que a companhia não deve receber um aumento de capital de R$ 8 bilhões de uma única vez, como era previsto no inicio. A expectativa da operadora é que, após a aprovação do plano de recuperação judicial, sejam injetados R$ 3 bilhões. E outras duas parcelas de R$ 2,5 bilhões seriam realizadas futuramente.

Na última quarta-feira, 19, em comunicado, a Oi informou que o aumento de capital de R$ 8 bilhões teve suas normas aprovadas pelo Conselho de Administração da empresa. Schroeder adiantou que o capital deve ser usado para ampliar os investimentos da companhia e financiar novos projetos de banda larga e redes de cobertura móvel.

Para o executivo, os credores ficaram mais seguros após o aumento de capital, que deve deixar a operadora mais forte, e os acionistas que estão interessados em aumentar a participação na empresa também terão essa chance. Os atuais acionistas terão preferência no aumento de capital e que a confirmação do interesse depende dos detalhes sobre a operação, como prazo e valor da ação.

O presidente afirmou que a empresa mantém conversas diárias com os credores sobre o assunto e que o aumento de capital será realizado conforme negociação com os detentores de títulos da Oi. Schroeder afirmou ainda que o oferecido aos credores tem grande apoio e que basta apenas incluir o aumento de capital no plano de recuperação da empresa.

A Assembleia Geral dos Credores deve acontecer no próximo mês de setembro e a convocação deve ocorrer ainda no mês de agosto.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário