quarta-feira, 12 de julho de 2017

Anatel afirma que aparelhos antigos não serão bloqueados

O que você achou? 
Lei para bloqueio de smartphones com IMEI inválido será válida apenas para novos aparelhos.


Depois de tanto alarde a respeito do bloqueio que a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) realizaria nesse segundo semestre de 2017, e que afetaria 40 milhões de usuários de aparelhos que não foram validados pela agência – isso sem falar dos “xing lings” –, um novo anúncio foi feito para acalmar os donos desses aparelhos.

De acordo com o superintendente geral da Anatel, Carlos Baigorri, a ideia original de bloquear os celulares que têm o IMEI (números próprios dos aparelhos) adulterados, ou que sejam falsificados, já era discutida há mais de três anos entre as operadoras, indústria e Anatel, por recomendação do Ministério Público. Mas a intenção nunca foi prejudicar os usuários.

Sendo assim, os únicos aparelhos que serão bloqueados de fato são aqueles adquiridos depois da data – ainda a ser definida – pela Anatel. O papel da agência é garantir a comunicação, e não o apagão, afirma Baigorri. Sendo assim, não há motivos para desespero por parte dos usuários que já possuem aparelhos nessas condições.

Vale lembrar ainda que mesmo aqueles adquiridos depois da data limite imposta pela Anatel, as operadoras enviarão uma série de avisos para os usuários em 25 dias, 50 dias e 75 dias depois da data, para só então serem bloqueados em definitivo, acabando assim com o mito sobre milhões de brasileiros ficando “incomunicáveis” por conta disso.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário