quinta-feira, 22 de junho de 2017

Vivo pretende atingir 20 cidades com 4,5G até o mês que vem

O que você achou? 
Tecnologia oferece acesso mais rápido à internet e maior qualidade de sinal em lugares fechados.


A Vivo parece estar seguindo seus planos de ampliar a cobertura 4G para 2 mil cidades até o fim de 2017 no Brasil, mas, além disso, a operadora também vai atingir outras regiões com a cobertura chamada 4,5G. Até julho, a Vivo vai alcançar pelo menos 20 novas cidades com essa tecnologia.

Também chamado de "LTE-Advanced", o 4,5G oferece maior velocidade para acesso à internet – até duas vezes mais veloz que o 4G tradicional – e funciona com base em três frequências disponíveis nos municípios. Além disso, com a tecnologia, os clientes também poderão ter maior qualidade de sinal em lugares fechados, por exemplo, assim como a conexão de vários dispositivos.

Nesta sexta-feira (23), a empresa vai ativar o 4,5G nas cidades de São José e Itajaí, no estado de Santa Catarina. Ainda em junho, Minas Gerais e Rio Grande do Norte recebem a conexão, em Natal e na cidade de Contagem, respectivamente.

Quanto às outras cidades que serão beneficiadas, incluem:
  • Manaus (AM), Palmas (TO), Porto Velho (RO) e Belém (PA), na região Norte;
  • mais seis cidades da região Nordeste, como Fortaleza (CE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Salvador (BA) e São Luís (MA); 
  • três na região Centro-Oeste, incluindo Cuiabá (MT), Várzea Grande (MT) e Dourados (MS);
  • e quatro cidades do Espírito Santo, na região Sudeste: Cariacica, Serra, Vila Velha e a capital Vitória.

LEIA TAMBÉM:


7 comentários:

  1. Aracaju/SE é da região Nordeste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas na regional da Anatel, Sergipe e Bahia formam uma área à parte.

      Excluir
    2. Mas mesmo assim, ainda continuam sendo Estados da Região NORDESTE.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Todas as operadoras enfiaram esse 4G goela abaixo dos clientes e depois se gabam do aumento meteórico do 4G como um grande feito, poderiam se gabar do aumento somente se tivesse mantido a opção 3G para o cliente, do que adianta ter um super velocidade se o preço é super caro? Eu me lembro que antes de estrearem o 4G, analistas de mercado diziam que o 4G seria maravilhoso porque forçaria o barateamento do 3G, na cabeças deles os afortunados ficariam com o 4G e as pessoas de renda modesta ficariam com o 3G, a profecia falhou miseravelmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca tinha ouvido falar em diferenciação de preço por tecnologia utilizada, o que as operadoras fazem é comparar o custo por MB por tecnologia para formular seus planos, hoje em dia temos planos com mais franquia e menor preço sim, principalmente se comparar com a inflação...

      Excluir
  4. Minha operadora pq a vivo nao inclui minutos pra outra operadora no vivo turbo?

    ResponderExcluir