segunda-feira, 12 de junho de 2017

Qual país tem a internet mais rápida? Brasil atinge o 79º lugar

O que você achou? 
Apesar da colocação ainda não ser a ideal e nem chegar à média mundial, país subiu seis posições desde o último registro.


Quando o assunto é a velocidade de conexão na internet em âmbito mundial, o Brasil ocupa o 79º lugar, segundo ranking trimestral medido pela empresa Akamai. A colocação pode não parecer a ideal, porém, desde a última medição, o país subiu seis posições – no ano passado, estava em 85º lugar. No total, há 241 países envolvidos.

O primeiro trimestre de 2017 registrou velocidade média de 6,8 Mbps, enquanto o trimestre anterior registrou 6,4 Mpbs. Apesar de ter se superado, a velocidade da internet ainda está abaixo da média mundial, que é 7,2 Mbps. A boa notícia é que, se continuar atingindo crescimento em velocidade de banda larga nas casas brasileiras, os dados referentes ao próximo trimestre podem ser mais positivos e alcançar a média.

Você sabe qual país tem a internet mais rápida do mundo?

Se pensou na Coreia do Sul, acertou! A velocidade média de conexão no país asiático é de 28,6 Mbps, 4 vezes maior que o Brasil. Países como Uruguai, México e Chile também têm a internet mais rápida. O Brasil está à frente de países como Argentina e Peru, que estão na 90ª e 91ª posição, média de 6,3 Mbps e 6,2 Mbps, respectivamente.

O levantamento da Akamai ainda registra que os brasileiros têm acesso às conexões com mais de 15 Mbps de velocidade. Apesar de pouco, afetando apenas 5,8% do total de conexões, os links que possuem essa velocidade aumentaram mais de 400% no último ano, o que registra o maior crescimento no segmento em todas as Américas. Estados Unidos, porém, têm 48% de acesso banda larga com essa velocidade. O número também é alto no Canadá, com 40%.

Por estar em constante melhoria com o 4G, o Brasil também registra melhora no setor de banda larga móvel: a velocidade média foi de 5,2 Mbps, enquanto marcava 4,7 Mbps no último trimestre do ano passado.

LEIA TAMBÉM:

Nenhum comentário:

Postar um comentário