segunda-feira, 29 de maio de 2017

Rede 4G tem aumento de 120% em um ano no Brasil

O que você achou? 
Aos poucos, tecnologia 4G/LTE vai cobrindo o território brasileiro.


Depois de superar a marca de 5 mil municípios com banda larga móvel em abril, chegou a hora do 4G também se expandir, levando em conta que a tecnologia já está presente no país há algum tempo.



De acordo com um balanço feito pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), a navegação usando as redes de internet 4G apresentou um crescimento estimado em 120%, em comparação com o mesmo mês do ano passado, alcançando 67 milhões de acessos.

O aumento de municípios com essa tecnologia se dá principalmente pela demanda que tem subido bastante nos últimos meses, principalmente com o crescimento do número de celulares com a tecnologia 4G disponível.

Onde está implantado, a procura por 4G só cresce. Na Vivo, por exemplo, o tráfego da rede 4G ultrapassou a de 3G em dezembro do ano passado. A companhia pretende aumentar a cobertura para 2 mil cidades neste ano. Hoje são 1.001 cidades cobertas.

A Nextel já possui um planejamento em relação ao aumento do sinal 4G, começando pelas regiões próximas às capitais do Rio de Janeiro e de São Paulo, lugares onde a empresa registrou um fluxo maior de dados. A Nextel possui cobertura 4G em 10 cidades brasileiras.

A Claro também vem concentrando os investimentos de rede em 4G. A operadora pretende equilibrar a intensidade dos investimentos na tecnologia conforme o volume de clientes for crescendo também nessa área. A meta é atender 2 mil municípios com 4G até o final de 2017. Atualmente são 851 municípios com sinal 4G da Claro.



A TIM passou a se movimentar muito mais no que diz respeito ao 4G. A operadora quer dobrar o número de cidades 4G até o fim deste ano - atingindo 2 mil municípios - dentro de um plano de investimento trianual (R$ 12,5 bilhões), que apresentou redução em relação ao plano anterior (R$ 14 bilhões). Atualmente a TIM é líder em cobertura 4G no país com 1.360 municípios atendidos com a tecnologia, segundo dados da consultoria Teleco.

A Oi tem investido em expansão de sua infraestrutura. Em 2016, foram implantados 955 novos sites de telefonia móvel e outros 5.827 foram ampliados ou modernizados. Além disso, cerca de 325 mil novas portas para o serviço de banda larga fixa foram implantadas no país. A Oi oferece cobertura 4G em 284 cidades e deverá chegar a 844 cidades até o final do ano.

Tal feito se tornou possível com o crescimento da disponibilidade das faixas transmissoras de sinal, principalmente as de 1,8 GHz (via refarming) e de 700 MHz (após desligamento da TV analógica em certas cidades), deixando assim o tráfego de informações “mais leve” e permitindo que o sinal flua com mais facilidade.

LEIA TAMBÉM:


5 comentários:

  1. A Tim é líder com 1.360 cidades (teleco).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A numeração foi alterada, Anteogenes. Muito obrigado!

      Excluir
  2. Esse crescimento do 4G foi artificial, foi forçado, porque os novos clientes não tem opção de escolher entre 3G e 4G, ele tem que ficar com o 4G e ponto final, bem no princípio diziam que a vantagem do 4G seria diminuir o preço do 3G, mas experimenta fazer um plano exclusivamente 3G em qualquer operadora pra ver se consegue... SE tivesse dois planos com 20 GB sendo o 3G custando por exemplo 60 reais e um plano 4G com os mesmos 20 GB custando 150 reais é obvio que o povão iria optar pelo 3G e só os afortunados iriam pegar o 4G pra "ostentar", mas para as operadoras é melhor forçar a migração, e depois levar tirar proveito do "espectro limpo" do 3G para aproveitar a frequência ociosa para o 4G. De bobas essas operadoras não tem nada.

    ResponderExcluir
  3. Pena que a cobertura da Claro em SP é uma bosta!

    ResponderExcluir