terça-feira, 30 de maio de 2017

NET é obrigada a descontar R$ 7,50 no valor das assinaturas

O que você achou? 
Justiça entendeu que a NET não pode mais cobrar pelos canais Record, SBT e RedeTV, que deixaram de ser transmitidos pela operadora.



O Juiz Eduardo Francisco Marcondes, do Juizado Especial Cível do Foro Regional de Itaquera, em São Paulo, condenou a operadora de TV paga NET a ressarcir parte dos valores pagos para a consumidora Amélia Ezequiel, por causa da retirada dos canais Record TV, SBT e RedeTV! da sua grade. A NET será obrigada ainda a descontar R$ 7,50 na fatura da cliente, ou seja, R$ 2,50 por cada emissora que não é mais transmitida.

Em sua decisão, Marcondes afirma que a consumidora pagava um valor por seu pacote de TV por assinatura que incluía a transmissão dos três canais, mas que, com o corte, houve um “desiquilíbrio na relação contratual”. Como aconteceu uma “redução de serviços prestados, tem a parte autora (a cliente) direito a redução proporcional do preço respectivo”.

Procurada, a assessoria da NET informou que a operadora irá recorrer da decisão.

A briga entre as emissoras e as operadoras de televisão fechada não está boa para nenhum dos dois lados, isso porque os canais que formam a Simba Content (RedeTV, SBT e RecordTV) e as prestadoras de TV por Assinatura, estão tendo prejuízos.

As emissoras de TV aberta da Simba Content tiveram uma queda de 25% de audiência durante a primeira semana da retirada do sinal analógico na cidade de São Paulo, e aos poucos estão recuperando. 

Já as operadoras que fornecem o serviço de TV paga, por outro lado, estão sofrendo as consequências por não chegarem a um acordo com a joint-venture midiática, e uma das afetadas agora foi a NET.

LEIA TAMBÉM:


3 comentários:

  1. Engraçado, acho que o certo seria o Juiz obrigar a Simba Content (RedeTV, SBT e RecordTV) a liberar o seu sinal nas operadoras, porque o sinal foi bloqueado por decisão da Simba Content (RedeTV, SBT e RecordTV) e não das operadoras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Será mais viável as operadoras de TV pagarem 1,50 por cada canal de tv aberta do que ter de descontar 2,50 dos assinantes...pois o que aconteceu com a NET virou jurisprudência para as demais operadoras...

    ResponderExcluir