segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Sobe e desce: TIM volta a ser a segunda maior empresa de celular do Brasil

O que você achou? 
Especialista diz que Claro tem chances de recuperar a vice-liderança até o final do ano. Veja quantos clientes cada operadora perdeu e ganhou em outubro.


A TIM Brasil voltou ao posto de vice-líder do setor de telefonia móvel do país depois de a Claro, sua concorrente direta pela segunda colocação, perdeu 2.926.420 clientes durante o mês de outubro de 2016. A TIM cancelou somente 20.783 usuários.

Com este novo resultado, a TIM está na vice-liderança com 63,2 milhões de chips ativos (25,5% de participação), enquanto a Claro é a terceira maior operadora, com 60,5 milhões de acessos (24,4% de participação).

Segundo Eduardo Tude, da consultoria em telecomunicações Teleco, essa queda abrupta no número de acessos da Claro deve-se a uma limpeza de base que a companhia está fazendo para evitar o pagamento de R$ 13,42 do imposto Fistel (Fundo de Fiscalização das Telecomunicações), por um chip inútil - aquele que o consumidor joga na gaveta e não costuma colocar créditos. Tude afirma que a Claro ainda pode "recuperar esta posição até o final do ano, uma vez que a TIM também terá de fazer ajustes em sua base".

Depois da Claro, a Oi foi a operadora de celular que mais perdeu usuários no décimo mês do ano. A empresa brasileira registrou queda de 663.041 acessos, se estabelecendo na quarta posição do setor, com um total de 45,7 milhões de clientes (18,4%).

Vivo (14.294 novos clientes) e Nextel (5.856) foram as únicas a crescer em outubro. A Vivo é a maior operadora do Brasil com atuação nacional, possuindo 73,5 milhões de clientes e 29,7% de market share. Já a Nextel é a lanterna, tendo sido contabilizado em outubro um saldo de 2,5 milhões de linhas em funcionamento (1,0%).


Leia também:


4 comentários:

  1. Quem ainda usa claro? Operadora de fundo de quintal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No ddd 21 Região Metropolitana do RJ a maioria do pessoal

      Excluir
  2. Para azar da Claro, a Tim já ajustou sua base durante o ano de 2016. Não precisará desconectar em massa como Claro e Vivo costumam fazer a cada final de ano.

    ResponderExcluir
  3. Nao entendo a Vivo ser a mais careira, mas tambem ser a que mais cresce...

    ResponderExcluir