quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Claro turbina promoção: 800MB de internet no pré e primeira semana grátis

O que você achou? 
Assista ao comercial da nova promoção do Claro Pré, com Mariana Ximenes, Thiaguinho e Christian Figueiredo.


Neste primeiro dia de dezembro, a Claro surpreendeu e anunciou mudanças importantes na sua promoção principal para clientes pré-pagos. A partir de agora, são 800MB de internet, ao invés dos 600MB anteriores, e a primeira semana de promoção é gratuita.

Além disso, foram confirmadas as vantagens na utilização dos serviços de streaming Claro música e Claro vídeo, que o Minha Operadora noticiou no dia 24 de novembro. Todo o tráfego de dados do Claro música não é mais descontado da franquia de internet da linha, seja o usuário assinante do serviço, ou não. Já a assinatura do Claro vídeo, que custa R$ 19,90 por mês, agora é gratuita para os clientes Claro de qualquer plano, incluindo o pré-pago.

O aplicativo de mensagens WhatsApp permanece com acesso ilimitado, sem descontar da franquia.

Ligações para Claro, Claro Fone e NET Fone, local ou longa distância, são ilimitadas e sem custo adicional, bem como os torpedos SMS para qualquer operadora do Brasil.

Mesmo adicionando tantas novidades e agora passando a se chamar "Claro 800", a oferta principal do Claro Pré continua custando R$ 9,99 por semana, o que deixa a oferta da Claro na frente da concorrência em termos de internet e benefícios adicionais.

Apesar do avanço, a operadora continua sem oferecer minutos para falar com outras operadoras integrados na oferta, mas o consumidor pode contratar pacotes adicionais e falar com esse tipo de número a R$ 0,15 por minuto, uma das menores tarifas off-net do mercado.

Divulgando o conceito "O Prezão Dura", o novo comercial da Claro divulgando as novidades no pré-pago conta com a atriz Mariana Ximenes, o cantor Thiaguinho e o youtuber Christian Figueiredo como mensageiros.



Qual o melhor pré-pago do mercado? Escolha.

Trazemos abaixo duas tabelas comparativas atualizadas. A primeira exibe promoções calculadas para quem quer gastar, em média, R$ 10,00 por semana e dá prioridade para ofertas com minutos para outras operadoras (off-net).


A segunda tabela prioriza quem prefere ligar para números da mesma operadora (on-net) e quer gastar menos, em média R$ 7,00 por semana.


Leia também:


9 comentários:

  1. E os clientes que são assinantes dos planos controle, como ficam? Tá compensando virar um pré pago, muito mais vantagens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais o controle tem o Facebook Twitter e Whatsapp ilimitado ai compensa ser controle

      Excluir
  2. Fico me perguntando o que houve para que as operadoras brasileiras dessem meia volta nas promoções pré depois de passarem quase o ano todo priorizando o pós pago. Será que levaram um susto com a queda de market share? Será que a inadimplência do pós subiu? Será que a limpeza de base do fim do ano será intensa?
    O que mais vejo são os executivos falando de valorizar o cliente pós, mas em seguida surgem promoções para pré.
    Até a Vivo se curvou aos minutos para outras operadoras a nível nacional. Será que estão sofrendo com as desconexões?
    Afinal, os dados da Anatel são sempre divulgados com atraso, porém as operadoras sabem onde o calo aperta. E como estão se movimentando, acho que está doendo.
    A enxurrada de novidades na Claro pode ser sinal de que as coisas não vão tão bem e ela está tentando reagir.
    Isso é bom para os usuários.

    ResponderExcluir
  3. Essa promoção da claro 9,99 está boa, não demora a vivo imitar tbm.

    ResponderExcluir
  4. Minha operadora, favor corrigir: os minutos da Oi e Tim são para qualquer operadora nacional, fixo ou móvel e não somente celulares.

    ResponderExcluir
  5. Só falta a Claro ter um sinal decente. Pq aqui no Rio deixa a desejar em muitos lugares, principalmente em ambientes internos e muito fechados.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Saíram os dados da Anatel referente à outubro. Como eu já desconfiava, a Claro teve um tombo de quase 3 milhões de linhas. A Tim obviamente retornou para o segundo lugar e ainda com uma diferença de 2,6 milhões de linhas a mais do que a Claro.
    Como desgraça pouca é bobagem para o grupo Claro, o Netfone via Embratel e Claro fixo despacharam juntos 33.000 assinantes no mês, completando o cenário.Pelo visto, os chamados combos estão perdendo fôlego.
    A Oi desconectou 663 mil linhas e a Tim apenas 20 mil.
    A Vivo cresceu o mesmo que a MVNO Porto Seguro Conecta: pífios 15 mil assinantes.

    ResponderExcluir