terça-feira, 18 de outubro de 2016

Vivo reina mais uma vez e lidera crescimento do celular em agosto

O que você achou? 
Vivo mostrou mais uma vez que é "rainha" e sabe o que está fazendo. Líder isolada em participação de mercado e ganhos de clientes em agosto. Veja os dados.


Se tem uma operadora que a concorrência do setor de telefonia móvel precisa se espelhar, o nome dela é Vivo S.A.. Ela possui os planos mais caros, é verdade, mas ostenta uma infraestrutura de dar inveja a qualquer outra companhia, com "cobertura que chega aonde as outras não chegam". Pelo visto, é disso que o consumidor brasileiro gosta - gastar mais para ter um serviço melhor. Por que estamos dizemos isso?

Novo relatório da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) apontou que a Vivo foi a operadora que mais ganhou clientes no mês de agosto de 2016. Foram 87.510 usuários que se cadastraram em algum plano da empresa.

A Nextel, outra operadora considerada cara e que vende somente planos de conta (pós-pagos) também teve um saldo positivo de assinantes: 14.013.

Agora a TIM, quem diria, a empresa que quer ser "a operadora mais querida do Brasil", vem amargando sucessivas derrotas, mesmo com planos e promoções mirabolantes e que oferecem benefícios nunca antes vistos no mercado. Atenção para a nova queda da TIM em agosto: 70.258 linhas desativadas ou migradas para a concorrência.

Outra que acompanhou a TIM nos planos generosos - com mais internet e minutos para outras operadoras - foi a Oi, e ela, coitada, também perdeu muitos clientes em agosto: -210.822.

A Claro é uma operadora intermediária, não sabe de qual lado fica. O nosso leitor Marcello tem razão ao observar, em comentário no nosso post anterior, que "a Claro precisa se decidir se copia a Vivo ou Tim/Oi. Tentar misturar as duas ficou bizarro!". E pelo visto é isso o que mais pessoas acham. A Claro teve a maior perda de clientes de todo o setor de telefonia móvel no oitavo mês do ano: 335.985 usuários simplesmente abandonaram a operadora. Uma situação nada agradável, que deixa a TIM mais perto de recuperar a sua vice-liderança, perdida em junho.


Com apenas duas empresas sustentando o crescimento da telefonia móvel, é de se esperar que o setor tenha apresentado um mau desempenho nos 31 dias de agosto. Ainda de acordo com a Anatel, 492.357 linhas de celular deixaram de operar, totalizando 252.081.484 acessos. São 122,30 linhas para cada 100 habitantes.

Leia também:


19 comentários:

  1. A vivo se destaca por algumas fortes razões, cobertura da vivo é ótima, trabalho de marketing da vivo é perfeito! A vivo vem investindo em qualidade e inovação,tim grita aos quatro cantos do país ter a maior cobertura 4G, isto pode ser na teoria pois na pratica não é bem assim que funciona muitas cidades que dispõem de cobertura 4G da Tim, não funciona, qualidade péssima, até mesmo na capital paulistana já pude perceber o 3G atingia taxias mais altas que o 4G!na minha faculdade por exemplo criam um laboratório Crowdworking entre vivo, inatel e Ericsson para alunos laboratório top, isto mostra o quanto a vivo vem procurando se destacar e digo a faculdade conta com aproximadamente 2 mil alunos onde a maioria que eram clientes de outras operadoras migraram para a vivo, até mesmo porque aqui no sul de minas a maior cobertura é vivo, qualquer cidade que pequena tem cobertura vivo! minha opinião é que a tim tem os melhores planos mesmo, mas deixa a desejar em qualidade, a claro é uma operadora ótima, mas precisa reagir, a marca parece estar um pouco apagada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente!!! A vivo em qualidade de sinal, cobertura ela é impecável, a Tim a Oi sempre com cobertura fraca em diversas regiões do Brasil, a claro pula em todo os cantos mas não é agressiva nos planos mantendo sempre o mesmo.

      Excluir
    2. Exatamente!!! A vivo em qualidade de sinal, cobertura ela é impecável, a Tim a Oi sempre com cobertura fraca em diversas regiões do Brasil, a claro pula em todo os cantos mas não é agressiva nos planos mantendo sempre o mesmo.

      Excluir
    3. Na minha faculdade(FEI), a Vivo também possui um laboratório de pesquisas... A Tim já foi bem pior, temos que admitir que ela está investindo bastante na infraestrutura. Moro na Zs de SP, uso o Tim Beta Lab(Pacote mensal de 20GB) e considero a cobertura da Tim aqui satisfatória.

      Excluir
  2. A Vivo não é bem assim. Ela cobre um bom número de cidades porém só cobre o mínimo estipulado pela Anatel. Não coloca antenas 4G em todas as torres onde tem antenas de outras gerações, planos estão caríssimos em relação a realidade econômica do país e entre os mais caros do mundo. Se a Oi cair a Vivo vai a forra, vai mandar o cliente de baixa renda para aquele lugar e cobrar o que bem entender retornando a época do celular como bem de luxo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aqui no sul de minas é diferente! a Vivo cobre até distritos onde acredito que a Anatel não estipula cobertura para estas localidades onde nem ao menos são mancipadas ainda! com relação a valores concordo com você, os planos da vivo são caríssimos e não oferecem muitos benefícios como a Tim oferece , mas em contra partida a qualidade e cobertura se sobrepõe, já a oi procuro nem falar nada, pois acho a pior operadora ter oi é passar raiva e stress!

      Excluir
  3. A Vivo não é bem assim. Ela cobre um bom número de cidades porém só cobre o mínimo estipulado pela Anatel. Não coloca antenas 4G em todas as torres onde tem antenas de outras gerações, planos estão caríssimos em relação a realidade econômica do país e entre os mais caros do mundo. Se a Oi cair a Vivo vai a forra, vai mandar o cliente de baixa renda para aquele lugar e cobrar o que bem entender retornando a época do celular como bem de luxo.

    ResponderExcluir
  4. Lógico, a Vivo cobra pela cobertura, pega em qualquer lugar, agora a Tim, Oi que tem os melhores planos, tem uma cobertura sofrível em cidades e rodovias então nem se fala. A Vivo sabe disso e põe seu preço. A Nextel cresceu também por usar a rede da Vivo. Más creio que com a Lei do compartilhamentos das antenas a coisa pode mudar um pouco. De qualquer forma, nós usuários, estamos lascados por esse monopólio disfarçado de livre concorrência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. estes monopólios é nada mais que reflexo de uma agencia que se diz regulatória, quando na verdade trabalha em favor das operadoras e não em prol de nós usuários! Anatel parece sempre estar do lado dos grandes e nunca do lado dos usuários! mas enfim.

      Excluir
  5. A Vivo muito embora tem boa cobertura já anda pecando, pois expandiu sua rede 2G e 3G até certo ponto e parou. Segundo dados do site Teleco acessado em 18/10/2016, podemos constatar que a Vivo leva sua cobertura 2G a 3.757 municípios e mantém esse número desde 2014 sem expandir mais, ou seja, desde 2014 que ela parou e não tem interesse mais em expandir sua rede para outros municípios, são praticamente 2 anos, parou no tempo. Pode não parecer, mas é importante que a expansão do 2G seja feita enquanto o 3G não chega, pois muitos municípios só tem uma operadora sem opção de mudar para outra, sem contar quem visita estes lugares, ficam mudos. No Brasil são 5.565 municípios, se a Vivo tivesse interesse ela já teria levado sua rede para todos os municípios do país e sim, verdadeiramente, ela teria feito um trabalho de cidadania e respeito por quem utiliza de seus serviços. Dinheiro com certeza não falta, com uma das taxas mais altas em serviços, na Vivo falta mesmo boa vontade, pois o primeiro passo seria vir cobrindo com 2G e depois atualizar para 3G e assim por diante, é a natureza da evolução. No quesito cobertura móvel 2G, Claro ultimamente tem feito um esforço até bonito, mês a mês a claro tem feito cobertura móvel em cerca de 40 municípios, hoje, Claro já tem cobertura móvel 2G em 4.062 municípios e tomara que continue assim, expandindo até alcançar todo o Brasil. Quem sabe um dia, quando a cobertura realmente for significante para as operadoras e a qualidade seja sua principal preocupação, as operadoras sejam respeitadas? A sugestão é que não parem no tempo, que levem cobertura à todas as cidades, que cubram rodovias e todos aqueles lugares que hoje julgam não valer a pena investimento. Na certeza de uma boa cobertura e uma qualidade que valha o investimento em ficar em determinada operadora, os clientes permanecerão por si só com a empresa sem necessidade de coisas mirabolantes, a Vivo é espelho disso, pois mesmo com todas as deficiências e má vontade de fazer de fato a diferente, tem uma clientela fiel. A Tim e a Oi tem que pensar nesses detalhes também já que a qualidade de ambas é super questionável e a cobertura só se concentra nas cidades de porte um pouco maior, sendo que os pequenos centros e aqueles mais longe não tem sequer usufruto de uma cobertura mínima 2G para poder se comunicar e acima de tudo de poder escolher entre uma e outra. Vamos investir onde tem pouco ou quase nada, grandes centros já estão bastante saturadas de opção, falta opção no interior e nas estradas brasileiras, vamos focar lá! Pode não valer agora o investimento, mas a certeza da cobertura trará a confiança do cliente e é isso que lhes proporcionará um bom rendimento em clientes e na fidelidade deles para com vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Vivo já admitiu que não vai mais investir no 2G e que o 3G e o 4G vão receber 50% cada do investimento de expansão da rede num primeiro momento. Depois o 3G vai ter mesmo destino do 2G e focar depois somente 4G e futuramente o 5G. Já tem torres da Vivo que só funcionam com 3G ou 3G e 4G. 2G na Vivo só para manutenção.

      Excluir
  6. Não concordo que a Vivo seja isso tudo, não. Tem os piores planos, mais caros e a qualidade de sinal depende de um lugar a outro. Um exemplo, sou do Sul do estado do Rio, aqui quase todas as cidades da região, grandes pequenas, e até distritos, possuem ÓTIMA cobertura 4G da TIM. Em Volta Redonda, Valença, Barra Mansa e Rio das Flores a velocidade chega aos 50 MB. A Vivo possui 4G só nas maiores cidades e o 3G é péssimo nas demais. Só presta o 3G da Vivo num distrito onde minha avó mora, que apesar de ser estado do Rio, recebe o sinal da Vivo Minas 32, o 3G chega atingir até 10 MB nessa antena. Nas demais cidades da região a Vivo é uma bosta. A TIM está investindo e muito em qualidade no estado do Rio, inclusive em regiões dominadas pela Vivo, como o Norte e Região dos Lagos do RJ. Em MG e no ES a TIM deixa e muito a desejar em cobertura, mas no RJ e em SP é a melhor em cobertura e planos.

    ResponderExcluir
  7. A cobertura das operadoras é muito complicada de se chegar a um denominador comum. As vezes por diferença de apenas uma rua o sinal pode ser melhor ou pior. Infelizmente as operadoras tem em certas partes interesses em expandir sua rede, mas esbarra nas burocracias impostas pelo estado. Um exemplo de qualidade de sinal que posso relatar é o seguinte: a intensidade do sinal é maior na sala do que meu quarto que é logo ao lado. Por que isso? Devido a diversos fatores faz com que esse sinal não seja de qualidade em todos os cômodos. Isso também vale para as operadoras que por devido a fatores externos podem influenciar na qualidade da rede que sai da torre até você. Mas é necessário uma melhor cobertura das operadoras para que nós possamos usurfruir de uma boa e agradável rede de celular.

    ResponderExcluir
  8. Galera da minha operadora, vcs poderia publicar alguma matéria para ver quem é líder no ddd 11 ? Ou nas principais capitais do BRASIL .. seria interessante. ABS

    ResponderExcluir
  9. A tendência é a quantidades de acessos móveis continuarem despencando. A Vivo sempre cuidou de sua base pós, não congestionando sua rede com promoções agressivas. Eu já fui cliente dela no pós. Nada a reclamar. O que me fez desistir da Vivo não foi ela em si, mas sim a alta carga tributária que fez seus preços dispararem. Ela pode estar mantendo um crescimento ainda, mas chegará a hora da saturação e aí veremos o que ocorrerá, ainda mais com as fidelizações pós de dez/15 terminando agora no fim do ano.
    Estou testando uma linha da Tim e pessoalmente estou surpreso de como a Tim resolveu virar o jogo dessa vez. Não virou uma Vivo, mas está melhor do que a Claro. O app Meu Tim agora realmente é um app e não um direcionador de site como a Claro ainda tem. A portabilidade por sms foi tranquila. Tudo deu certo. Novos tempos? Vou aguardar.
    De certo na minha vida virtual somente minha banda larga via rádio e meu número virtual americano e as OTTs. Como sou cercado de wifi não vejo problema. Estou sempre online.
    Estou com um chip da Tim esperando que melhore sua cobertura e atendimento.
    Também estou com um da Vivo, esperando baixar os preços.
    Caso nenhum dos dois casos aconteça, uma vez que não dependo de número brasileiro para meus apps, simplesmente retiro os dois, quebro e lixo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Estou como você, trabalho viajando e meu numero principal é do Google Voice, uso ele pro WhatsApp, Facebook, fazer ligações...então eu só preciso da rede de dados, pode ser wifi ou de operadora móvel, então nem faz diferença pra mim qual operadora eu uso.

      Excluir
  10. Vivo = para pessoas classe media e classe alta.
    TIM = Ja foi para pessoas classe media/classe alta. Depois do infinity e do liberty se tornou popular.
    Claro = Parece um pouco com a Oi e um pouco com a Vivo.
    Oi = Tem cara de povao, cara de jovem. Consegue ser popular e jovem ao mesmo tempo.

    ResponderExcluir