sexta-feira, 1 de julho de 2016

Chega hoje a primeira rede de internet fixa presente em todas as cidades do Brasil

O que você achou? 
Operadora Hughes, de banda larga por satélite, chega com promoção: quem contratar o pacote e quiser cancelar antes de 30 dias, não paga multa nem mensalidade.


A empresa norte-americana Hughes começa a operar oficialmente no Brasil a partir desta sexta-feira, 1º de julho. Oferecendo internet banda larga por satélite para pessoas físicas e jurídicas, o serviço já é lançado buscando cobertura em 4 mil municípios (85% da população) até o final de 2016. O alvo da empresa é cobrir todo o território brasileiro nos próximos quatro anos.



Os pacotes são ilimitados (sem bloqueio), mas possuem franquias de acesso. Ao atingir a franquia do plano contratado, a velocidade de navegação é reduzida entre 500 Kbps e 1 Mbps. São três velocidades para escolher:

  • 10 Mega - R$ 249,90/mês (35GB de franquia, sendo 20GB para usar de madrugada, entre 0h e 7h);
  • 15 Mega - R$ 349,90/mês (50GB de franquia, sendo 30GB para usar de madrugada);
  • 20 Mega - R$ 449,90/mês (65GB de franquia, sendo 40GB para usar de madrugada).

A velocidade de upload (para enviar dados) é de 10% da velocidade anunciada (de download). Por exemplo, se o usuário contratar 10 mega, vai ter uma velocidade de 1 mega para enviar vídeos e fotos. Todos os planos possuem taxa de instalação de R$ 359 e contrato de um ano.

Mercado Corporativo

A Hugues também vai contemplar empresas interessadas, com preço um pouco mais caro do que nos planos residenciais. O contrato de fidelidade dura dois anos e a taxa de instalação é de R$ 469.

Em contrapartida, há mais velocidade e franquia de dados. Para haver um equilíbrio de utilização e ninguém ficar prejudicado com conexão mais lenta do que o outro, a franquia extra que os clientes domésticos têm para utilizar a rede de madrugada, os comerciantes ganham para utilizar a internet no período do expediente, entre 8h e 19h.


"Qualidade garantida ou seu dinheiro de volta"

Em quantidade de clientes, a operadora é pequena, possui apenas 1,3 milhão de usuários nos Estados Unidos, mas tem certificado de satisfação pelo Better Business Bureau (BBB) por lá, órgão parecido com o Procon. A Hughes garante que, mesmo em dias de chuvas fortes, a conexão com a internet não será perdida. Para atestar a qualidade do serviço, está oferecendo para os brasileiros 1 mês do serviço de graça. Se não gostar, é só pedir o cancelamento, sem nenhuma multa.



Assim como os Estados Unidos, o Brasil tem um tamanho continental. Só que na nossa terra ainda não existem grandes investimentos na área de tecnologia, as gigantes empresas do setor não estão sediadas aqui e as principais empresas de banda larga possuem área de cobertura limitada a grandes centros urbanos e regiões metropolitanas. É pela grande quantidade de órfãos de internet rápida que a Hughes tem confiança de que o seu negócio dará certo no Brasil.

"Queremos resolver um eixo da exclusão digital. Queremos atender as pessoas que possuem renda, mas não são atendidas por outras empresas de banda larga", afirma o presidente da Hughes Brasil, Rafael Guimarães.

Como Adquirir

Apenas algumas cidades de São Paulo e Minas Gerais estão com as vendas da internet via satélite da Hughes liberadas nesse primeiro momento. Os demais estados irão receber o serviço gradativamente até o final do ano.

Para obter mais detalhes e fazer o seu pedido, basta entrar em contato com o telefone 4003-5111 ou 0800.878.5111.


Leia também:


5 comentários:

  1. Queremos atender as pessoas que possuem rendas. To fora vou ficar com a oi que já está falida.

    ResponderExcluir
  2. 250 pau com limite de uso. Já nasceu morto isso aí.

    ResponderExcluir
  3. Caro e com limite de dados. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Tou fora, que vá roubar o cão.

    ResponderExcluir
  4. Parei de ler quando vi o preço e a franquia. Estava bom demais para ser verdade! Esse nasceu morto.

    ResponderExcluir
  5. carrissima e ainda com limite de franquia menor que a metade da vivo? ja nasceu morta...

    ResponderExcluir