terça-feira, 7 de junho de 2016

Campus Party Weekend estreia no Brasil este ano

O que você achou? 
Serão apenas dois dias de Campus Party e internet prestada será Wi-Fi.



Por causa da falta de verba para a realização da Campus Party Recife, os organizadores do evento decidiram realizar uma versão mais compacta da feira na capital pernambucana. Aplicada apenas no México, esta é a primeira vez que a chamada "Campus Party Weekend" chega ao Brasil.

Serão apenas dois dias de evento, ou melhor, 27 horas de programação - das 13h do dia 20 até as 16h de 21 de agosto (sábado e domingo). Com isso, será reduzido o número de palcos, que passam a ser quatro, ao invés de seis, focados em ciência, empreendedorismo e inovação.

Dessa vez, a internet prestada no Classic Hall (o local do evento não será mais o Centro de Convenções de Olinda) será feita por Wi-Fi, e não cabeada como nas versões anteriores. A ideia é dispensar as mesas de computadores para que os visitantes recebam o sinal da rede por notebooks, smartphones e tablets. A companhia que vai prestar o serviço, bem como a velocidade - que deve sofrer forte redução - ainda não foram definidas.

A visão da Prefeitura do Recife, Governo de Pernambuco e da organização da Campus Party é de que melhor a cidade receber uma edição mais enxuta do evento do que não ter nenhuma programação. Geraldo Julio, prefeito da cidade, disse que o evento é muito importante. "Todos sabemos o ano difícil que estamos passando, mas a realização da Campus Party se torna indispensável", disse.

Francesco Faruggia, presidente do Instituto Campus Party, lembra que uma versão com duração menor não significa que a feira deste ano será menos proveitosa. "É importante afirmar que tudo o que os campuseiros já estão acostumados voltará a acontecer", garante.

Como novidade será apresentado o "Virada Digital", que vai da meia-noite até as 4h da manhã do domingo, recheado de conteúdo. Também vai acontecer a Olimpíada de Robótica de Pernambuco, com a participação de cerca de 1 mil alunos de escolas públicas do estado. Está prometida ainda a realização de uma "guerra de drones".

Estreando primeiro no Recife, a versão econômica da Campus Party servirá ainda como teste para consultar a viabilidade de incluir outras cidades brasileiras como aptas a receber a Campus Party Weekend no futuro.

Leia também:


Nenhum comentário:

Postar um comentário