sábado, 7 de maio de 2016

'Marketing mobile' é a nova aposta das operadoras de celular

O que você achou? 
Claro Ad Display e Vivo Ads, que vai recompensar usuário que visualizar propagandas com mais franquia de internet, são lançados este mês.


Com a queda na receita de voz, as operadoras telefônicas estão agora procurando meios de gerar mais valor para os seus serviços. A publicidade pelo celular parece ser a bola da vez. Já utilizada por algumas empresas no mundo, duas operadoras brasileiras - Claro e Vivo - lançam agora em maio os seus serviços.

A Claro lançou no mercado a "AD Display", uma plataforma de publicidade capaz de enviar anúncios multimídia - com fotos, vídeos e até links direto para a instalação de apps - para a tela do smartphone do cliente, como se fosse uma notificação (pop-up). O projeto foi desenvolvido em parceria com a empresa de mídia americana Imagination Unwired.

O Brasil foi o primeiro país a ser escolhido pela América Móvil (controladora da Claro) para colocar em operação a novidade. Utilizando a força de alcance da sua base de 65 milhões de clientes móveis aqui, a proposta da Claro é mostrar para os anunciantes que eles podem ter bastante resultado ao anunciar a sua marca com a solução.

Inicialmente foram feitos testes com serviços da própria Claro, como divulgação do Claro música e Claro Clube, por exemplo. Já que, pelo visto, o resultado esperado foi alcançado, a plataforma agora será aberta para empresas de outros segmentos.

“Este é o canal de marketing do futuro. A Claro aposta nessa tendência e acredita que o serviço vai trazer maior engajamento dos anunciantes com seu público pelo smartphone. A ideia é que com a nova plataforma as marcas consigam até segmentar seus anúncios de acordo com o perfil de usuário, como já acontece nas redes sociais”, explica Rodrigo Vidal, diretor de marketing da América Móvil para o mercado de pessoas físicas.

Todos os aparelhos Android vendidos pela Claro virão com o aplicativo do Ad Display instalado. Os smartphones sem o app receberão a plataforma por meio de adição remota em breve. Mas pode ficar tranquilo, somente clientes que aceitarem receber propaganda é que visualizarão as notificações.

Vivo Ads chega na semana que vem

A operadora Vivo também está preparando sua entrada no mercado como um canal de comunicação interessante para o setor de publicidade. No entanto, ela sabe que muita gente não gosta de ser incomodada com propagandas na sua tela, principalmente se forem mal segmentadas ou desinteressantes. Por isso, a Vivo está disposta a remunerar os clientes que aceitarem participar do serviço.

Testado na operação da Telefónica (controladora da Vivo) na Espanha, o "Vivo Ads" - como será chamado aqui no Brasil - recompensará o consumidor pelas propagandas vistas com pacotes adicionais de internet. Ou seja, o internauta poderá navegar mais pela rede sem precisar gastar um centavo além do pago pelo plano ou pacote contratado.

O anúncio do desenvolvimento do projeto foi feito em março do ano passado, durante a Mobile World Congress (MWC). Na ocasião, Daniel Ronsen, diretor mundial de marketing da Telefónica, disse que a ideia é cobrir os custos da companhia com o serviço de internet, sem tirar mais dinheiro do bolso do consumidor, apenas por meio de grandes acordos publicitários.

Não foram passados mais detalhes, pela assessoria de imprensa da Vivo, de como será o funcionamento completo da plataforma. Mas sabemos que a novidade será mostrada ao mercado de telecomunicações já na próxima semana.

Chamada Patrocinada

Sempre que o cliente aceitasse ouvir 15 segundos de propaganda, ele recebia 1 minuto de ligação gratuita para falar com outros números Vivo e telefones fixos. Essa era a proposta do Vivo Chamada Patrocinada, que foi descontinuado no final de 2015.

Quem deu início a este método de entrega de anúncios (por ligação) foi a empresa Sercomtel, que em setembro de 2012 lançou o Freakon.

Leia também:


Nenhum comentário:

Postar um comentário