sábado, 20 de fevereiro de 2016

Vivo ultrapassa a Claro em velocidade do 4G

O que você achou? 
Vivo teve o serviço de internet mais premiado pelo estudo da OpenSignal neste mês de fevereiro.


A OpenSignal, que realiza estudos para medição da qualidade da internet 4G, divulgou o relatório do mês de fevereiro do setor no Brasil. A Vivo, que até então perdia para a Claro em velocidade, passou a ter um desempenho melhor do que a sua concorrente.

Na medição de cobertura de rede 4G, a Vivo apresentou 53.71% de desempenho. A Claro vem logo em seguida com 53.40%. O tempo que os assinantes da TIM passam conectados à rede 4G é de 52.22%. Já na Oi, ele é de 45.97%.

A Vivo foi líder em velocidade, com média de 15.32 Mbps, seguida pela Oi (11.92 Mega); Claro (11.36 Mega) e TIM (10.28 Mega).

Porém, a latência (tempo de reação) da Internet 4G é mais baixa na TIM, de apenas 70.72ms de resposta. O tempo da Oi também é bom (88.15ms). Mas Claro (90.29ms) e Vivo (192.37ms) perdem neste quesito.

Em sua análise do estado das redes móveis no Brasil, a OpenSignal elogia o empenho das empresas brasileiras em fazer crescer cada vez mais o alcance do 4G, lembrando que as teles estão bem mais preparadas para as Olimpíadas Rio 2016 do que estavam para a Copa do Mundo Brasil 2014.

Mas alertou: "Como os operadores do Brasil continuam a expandir suas redes LTE, estamos vendo sua cobertura 4G bastante medíocre melhorar, mas como o mercado global 4G do país amadurece, nós também estamos vendo as tipicamente rápidas velocidades LTE do Brasil começar a diminuir."

Não pense, porém, que tudo está perdido. As operadoras brasileiras tem uma carta na manga para fazer a 4G/LTE decolar. O uso de duas faixas de frequência é um dos principais deles. "A TIM começou a canibalizar a sua rede 2G para novo espectro 4G na faixa dos 1.800 MHz, enquanto a Claro está testando novas redes LTE-Advanced, que poderia aumentar consideravelmente as suas velocidades de conexão.", relata a OpenSignal.

O desempenho inferior da Claro entre 15 de outubro de 2015 e 15 de janeiro de 2016 foi o que mais surpreendeu os estudiosos da Open Signal. Afinal, em agosto do ano passado, a operadora desbancou todas as operadoras do país em velocidade, e bateu grande parte das operadoras de telecomunicações do mundo inteiro. Mas o que era 17,8 Mbps, caiu para 11,4 Mbps. Isso fez a Vivo (da Telefônica Brasil) tornar-se o provedor de internet mais rápido. Mas também apresentando queda: de 16,2 Mbps para 15,3 Mbps.

Enquanto isso, as velocidades de Oi e TIM mantiveram-se sem grandes alterações, de 11,9 Mbps e 10,5 Mbps, respectivamente.

Você pode ver os gráficos completos aqui.

Leia também:


Nenhum comentário:

Postar um comentário