sábado, 20 de fevereiro de 2016

Claro e NET vão realizar a primeira transmissão com LTE Broadcast

O que você achou? 
Piloto realizado pelo Grupo América Móvil no mercado brasileiro, otimiza a transmissão de vídeo em redes móveis.


A Claro e a NET, em parceria com a Qualcomm Technologies Inc., Ericsson, Samsung e Globosat, realizam a primeira transmissão experimental com a tecnologia "LTE Broadcast" na América do Sul, durante o Rio Open, apresentado pela Claro, no Rio de Janeiro. O conteúdo de vídeo será gerado ao vivo e com exclusividade pelo SporTV.

Na demonstração, jornalistas e convidados receberão aparelhos móveis de última geração, compatíveis com a tecnologia LTE Broadcast, e assistirão transmissões geradas ao vivo pelo SporTV. Além da cobertura tradicional, terão acesso a três câmeras exclusivas, todas da quadra central, que ficarão disponíveis exclusivamente para este piloto.

O LTE Broadcast garante a transmissão de vídeos com altíssima qualidade para múltiplos usuários, por meio da rede 4G, em locais com ampla concentração de pessoas, como, por exemplo, grandes eventos esportivos ou shows. A tecnologia permite que várias pessoas consigam ter acesso simultâneo ao mesmo conteúdo nos seus dispositivos móveis, além de otimizar a capacidade de transmissão.

”Estamos proporcionando uma experiência inovadora, utilizando a rede 4GMax da Claro como uma eficiente plataforma de distribuição de vídeo para dispositivos móveis”, explica Rodrigo Vidigal, diretor de marketing da América Móvil Brasil para o mercado pessoal. "A Claro é líder em banda larga móvel no país e está sempre em busca das melhores soluções para entrega de conteúdo e aplicações a seus clientes. Sabemos que há uma demanda crescente por conteúdo de vídeo online de alta qualidade em dispositivos móveis e o LTE Broadcast garante uma experiência única, que chega primeiro no Brasil para clientes da Claro”, complementa.


A tecnologia

Ao viabilizar uma transmissão de vídeo ao vivo mais eficiente, o LTE Broadcast melhora a estabilidade e velocidade de conexão, disponibilizando recursos que antes ficavam alocados para streaming e outras aplicações que fazem uso de dados. A solução também faz com que as atualizações de software cheguem mais rápido aos usuários e sejam concluídas em menor tempo.

O LTE Broadcast também permitirá que no futuro as empresas de TV por Assinatura como a NET e a Claro HDTV possam disponibilizar seus conteúdos por meio de uma plataforma extremamente eficiente de transmissão everywhere.

"O LTE é uma nova plataforma para transmissões de conteúdo ao vivo para dispositivos móveis e este piloto mostra que no futuro poderemos utilizá-la também para atender os clientes de TV por Assinatura”, explica Márcio Carvalho, diretor de Marketing da América Móvil Brasil para o mercado residencial.

"O LTE Broadcast leva o conceito de TV everywhere a um novo patamar, com uma nova forma de assistir conteúdo ao vivo, mais eficiente que o streaming, especialmente para conteúdos de alta popularidade e assistidos simultaneamente por várias pessoas, geralmente com picos de audiência no próprio local onde se realiza”, completa.

Parcerias

Para disponibilizar a tecnologia durante o Rio Open, a Claro e a NET contam com a parceria da Ericsson, fornecedora da solução de LTE Broadcast na rede da operadora. A demonstração também terá o apoio da Samsung, que está disponibilizando aparelhos Galaxy S5 e Galaxy S6. Os modelos foram adaptados para o teste e possuem os processadores Qualcomm® Snapdragon, um produto da Qualcomm Technologies Inc., e o Exynos, da própria Samsung. Ambos são os únicos processadores do mercado compatíveis com o LTE Broadcast. O conteúdo exclusivo estará disponível no aplicativo Claro esportes, desenvolvido pela Movile.

"O mercado projeta um crescimento de cerca de 60% a cada ano até o final de 2020 no que se refere ao tráfego de vídeo nas redes móveis. Deste modo, é importante que todas as condições sejam definidas para que os operadores possam dar aos seus assinantes uma experiência de vídeo de alta qualidade a qualquer hora, em qualquer lugar, isso enquanto ainda se faz a gestão da eficiência da rede”, completa Jefferson Nobile, Diretor de Soluções de TV e Mídia da Ericsson.

"A Qualcomm Technologies foi uma das empresas responsáveis pelo desenvolvimento e padronização da tecnologia LTE Broadcast. Acreditamos que esta colaboração para o desenvolvimento desta tecnologia no Brasil e na América Latina será fundamental para o crescimento e evolução das redes de 4ª Geração (LTE)” afirma Roberto Medeiros, diretor sênior de desenvolvimento de produtos da Qualcomm Brasil.

"Com o LTE Broadcast, as operadoras podem utilizar melhor sua infraestrutura existente e entregar uma experiência de vídeo premium e otimizada, sem sobrecarregar as redes, especialmente durante eventos com grande concentração de pessoas, como o Rio Open e os Jogos Olímpicos. Estamos honrados em poder colaborar com a Claro e demais empresas que participam desta demonstração, por meio do marketing, suporte técnico e outras ferramentas”, conclui.

Com informações de Assessoria de Imprensa Claro.

Leia também:


Nenhum comentário:

Postar um comentário