sábado, 23 de janeiro de 2016

Claro música ganha nova roupagem e até identificador de canções

O que você achou? 
Operadora Claro registrou um aumento de oito vezes no número de assinantes do aplicativo em 2015.


Em julho de 2013, Carlos Slim, dono da operadora Claro, fez um aporte de US$ 40 bilhões no aplicativo de reconhecimento de músicas Shazam. Quase um ano depois, em abril de 2014, a Claro fez mais uma aquisição no segmento musical, dessa vez anunciou a compra da plataforma iMusica. Esses dois investimentos começam hoje a apresentar resultados, e um deles está na renovação do aplicativo "Claro música".

O Claro musica está se fortalecendo aos poucos para chegar no nível de competir de igual para igual com gigantes como Spotify, Deezer e Google Play Musica. Para isso, depois de ter apresentado um crescimento no número de usuários - em 2015, o número cresceu oito vezes em comparação com 2014 - a operadora atualizou o aplicativo.

Foram implementadas novidades no visual do Claro música, deixando a aplicação mais bonita, rápida e simples. Mas não é só de beleza que sustenta a atualização. Novos recursos trazem diferenciais para o app. A partir de agora, está embutida a função de reconhecimento de música, muito útil para descobrir o nome daquela música que está tocando perto de você.

Outra novidade foi a chegada de dezenas de estações de rádio AM/FM de diversos países do mundo. O ouvinte pode sintonizar a sua rádio preferida e desfrutar de sua programação. As playlists exclusivas também ajudam aos desbravadores de músicas a achar canções que até então desconheciam.

Preço da assinatura

Manter o aplicativo Claro musica ativo no smartphone, tablet ou computador custa basicamente o mesmo que os concorrentes: R$ 14,90 por mês. E não é obrigatório ser cliente da Claro para usufruir das vantagens do serviço, visto que a mensalidade pode ser paga direto na fatura do cartão de crédito.

Porém, é claro que cliente da operadora tem suas vantagens. Ele também pode usufruir da cobrança semanal, que custa R$ 4,99 a cada sete dias, e é debitada diretamente nos créditos de clientes pré-pagos. Sem contar num benefício que faz toda a diferença: tráfego de dados ilimitado para ouvir quantas músicas quiser. Ou seja, quem estiver utilizando a internet 3G ou 4G da Claro não vai ver sua franquia acabar rápido quando ouvir três ou quatro musiquinhas.

Instalação do aplicativo

A melhor forma de conhecer o Claro música é baixando o aplicativo na loja de apps do seu sistema operacional. Ele está disponível na App Store (para iPhones) e na Google Play (para Androids).

Leia também:


3 comentários:

  1. Bom, considerando que um mês tem ao menos quatro semanas, um cliente Claro vai pagar no mínimo a bagatela de quase 20 reais sendo que a mensalidade por cartão de crédito sai por 14,90. Ou seja, cliente Claro não tem vantagem nenhuma, ao contrário, paga mais pelo mês!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hugo, o pagamento por semana é só uma vantagem adicional para clientes Claro. Eles também podem decidir pagar os R$ 14,90 por mês, diretamente do saldo de recarga, fatura telefônica ou mesmo no cartão de crédito. Obrigado por nos escrever!

      Excluir
  2. É uma iniciativa muito boa, mas o app tem muitos bugs. Trava direto e não é possível trocar de faixa apertando os botões do fone de ouvido do telefone.

    ResponderExcluir