quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Retrospectiva 2015 do setor de Telecom - É daqui pra história!

O que você achou? 

O ano de 2015 chega ao fim amanhã, e queremos dizer que foi muito bom compartilhar notícias com todos vocês que nos acompanharam fielmente durante todos esses doze meses. Ao todo, 366 posts foram publicados no Minha Operadora, e relembramos os principais acontecimentos do mundo das telecomunicações nesta retrospectiva, que começa agora.

Artigo também disponível em áudio:

Janeiro




O ano de 2015 começou com muita indecisão e confusão no processão de fusão da operadora brasileira Oi e da Portugal Telecom. Sob suspeita de envolvimento em uma fraude bilionária, a Polícia lusa fez uma grande operação de busca na sede da PT Portugal em busca de documentos, enquanto empresários e políticos tentavam parar o processo de fusão entre as duas companhias.


Atendentes da PT chegaram a parar de trabalhar durante uma hora como forma de protesto contra a decisão da Oi de vendar a Portugal Telecom - única empresa de telecomunicações estatal - e demitir pessoal. Não adiantou, depois de Bayard Gontijo ter sido efetivado com o diretor presidente da companhia brasileira, a Oi tornou-se vitoriosa no processo de venda da empresa portuguesa, em uma negociação bilionária com a francesa Altice.


O Minha Operadora narrou com detalhes toda a reunião que terminou na venda da empresa.


No Recife, a maior empresa de contact center da América Latina, Contax, foi fechada pelo Ministério Público depois de receber centenas de denúncias de assédio moral e psicológico. Os funcionários que estavam atendendo as ligações de várias empresas - principalmente de comunicação e instituições financeiras - foram retirados do local, e mais de 14 mil empregados ficaram sem trabalhar durante dois dias. A emissora da Rede Globo no Recife chegou a ouvir relatos de sofrimento dos funcionários, que eram pressionados a buscar cumprir metas e medidas autoritárias.

Fevereiro




Logo no dia 3 de fevereiro a Campus Party Brasil Edição 2015 começou em São Paulo. Com internet disponibilizada numa velocidade estratosférica - 50 Giga - o evento contou com a presença de representantes de empresas digitais como PayPal, Duolingo, Google, Facebook, Telefônica; do criador da impressora em braile, Shubhan Banerjee; do austronauta da NASA Reid Wiseman; da Polícia Federal e de aproximadamente 8 mil campuseiros.


Oi e TIM anunciaram um compartilhamento de torres para a transmissão da tecnologia 3G desde o início de 2013, mas a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu que as operadoras deverão recolher o imposto Fistel (Fundo de Fiscalização das Telecomunicações) separadamente, frustrando a expectativa de economia das empresas.


Ainda falando sobre antenas, o Conselho Administrativa de Defesa Econômica (Cade), aprovou sem restrições a venda de 5 mil torres de transmissão de sinal da TIM para a American Tower. O acordo entre as empresas foi de R$ 3 bilhões.

Março



Foi liberada a função de ligações utilizando a tecnologia VoIP pelo aplicativo WhatsApp, o mais utilizando para comunicação por meio de mensagens curtas do país. Para conseguir acesso a novidade, a empresa controlada pelo Facebook fez um esquema de convites. A medida causou alegria nos usuários, mas receio nas operadoras, que começaram a prever grandes perdas na receita de voz.

Durante o intervalo do Fantástico, da Rede Globo, a TIM exibiu o primeiro comercial do planeta gravado e transmitido através da tecnologia de internet 4G. A operadora comprou espaço de 1 minuto em um bloco de intervalo exclusivo para o comercial na emissora mais assistida e mais cara para anunciar do Brasil. A ação foi apresentada pelo apresentador Luciano Huck e pela atriz Dani Suzuki.

O terceiro mês do ano foi de despedidas. Grandes nomes da ala executiva das operadoras nos abandonaram. Primeiro foi Carlo Filangieri, diretor de redes e infraestrutra da TIM Brasil, que saiu do país para cuidar das operações da operadora na Itália, país de origem da empresa.

Depois, Antônio Carlos Valente anunciou sua saída da presidência da Telefônica/Vivo no Brasil. Ele foi encaminhado pela companhia para representá-la em um cargo da América Latina. Paulo César Teixeira, outro diretor da Vivo - maior operadora de celular do Brasil - também deixou a empresa para se concentrar em outros objetivos profissionais.

Abril



A Oi TV foi obrigada a manter uma oferta no valor de R$ 29,90 durante o período de 80 anos a uma assinante de Goiânia. A decisão da Justiça se deu porque a operadora costumava emitir nas faturas a informação de que o preço promocional era válido até 2096, mas cancelou a oferta da cliente depois de faturas terem sido pagas com atrasos. A empresa recebeu a ordem de pagamento de quase R$ 8 mil por danos morais.

Desde 8 de abril que os moradores da cidade de Rio Verde (GO) começaram a assistir televisão com um selo no canto da tela informando sobre o encerramento da transmissão do sinal analógico, previsto inicialmente para acontecer ainda em 2015.

Saiu em 15 de abril uma medida da Anatel que obrigou a Oi a permitir que ligações locais para números de telefone fixo fossem efetuadas gratuitamente a partir de seus orelhões. O motivo foi o descumprimento da operadora a uma outro ordem da agência reguladora, que determina o funcionamento de pelo menos 90% dos telefones públicos presentes em cada estado brasileiro em que ela atua.

Os aparelhos mais tops da linha Galaxy, da fabricante sul coreana Samsung, foram lançados em nosso país. Galaxy S6 e Galaxy S6 Edge aterrissaram cheio de novidades, dentre elas distribuição de convites para grandes shows de artistas internacionais, assinatura grátis de serviços digitais e desconto na troca de um celular antigo pelo novíssimo aparelho. Teve operadora que atrelou os smartphones a planos pós-pagos, mas o preço padrão praticada ficou entre R$ 3.299 e R$ 4.299.

A Claro aproveitou para anunciar que os novos aparelhos da Samsung agora estavam fazendo parte do programa Claro Up, onde o cliente divide o aparelho em 24 vezes na fatura, e pode trocar por um novo lançamento da fabricante depois de quitadas as 12 primeiras parcelas. O programa começou a funcionar apenas com alguns modelos de iPhone, da Apple.

A internet de quarta geração (4G) chegou ao plano pré-pago da Oi. Com uma oferta meio acanhada, de apenas 10MB de franquia para utilizar durante todo o dia, a operadora passou um benefício que até então era exclusividade clientes com plano de conta, para todos os seus usuários.

Depois de seis anos de trabalho prestados à operadora, Roger Solé renunciou ao cargo de diretor de marketing da TIM. Ele pediu para sair sob a justificativa de que queria assumir novos desafios, e foi substituído por Rogerio Takayanagi, que cuidava da área de banda larga via fibra da empresa, Live TIM.

Maio




A TIM investiu num novo formato de loja, sem vitrines e com 70 modelos de aparelhos expostos para quem se interessar. Chamada de loja outlet, o formato, lançado numa capital nordestina, foi o primeiro lançado no Brasil.

A operadora TIM também anunciou um projeto para instalação de antenas de celular em postes de iluminação. A novidade chegou primeiro a cidade de Curitiba, em parceria com a empresa Copel, mas já instalou as small cells em postes de outras cidades brasileiras, como Recife.

Enquanto São Paulo sofria com a falta de água, uma denúncia gravíssima foi feita: a Sabesp, empresa de abastecimento do Estado, concedia descontos exorbitantes para grandes empresas, dentre elas as companhias Telefônica/Vivo e Embratel. A Vivo era a empresa que mais recebia benefícios da Sabesp, pagando apenas R$ 3,90 para cada mil litros de água consumidos.

A Anatel leiloou quatro licenças para exploração de satélites, arrecadando mais de R$ 180 milhões no evento. As empresas Telesat Brasil, Star Satellite e Hispamar Satélites foram as vencedoras.

Uma jornalista publicou em sua conta no Facebook o relato de assédio praticado por um operador de telemarketing da empresa NET. O atendente pegou os contatos da cliente e começou a lhe enviar mensagens por meio de um aplicativo de celular. Logo em seguida, várias pessoas comentaram o post da jornalista com relatos de histórias parecidas, e o caso ganhou a mídia nacional. O funcionário envolvido no caso era de uma empresa terceirizada, mas foi demitido por justa causa, garante a NET.

Mesmo depois de uma série de campanhas publicitárias que a Oi fez para divulgar os investimentos realizados no estado do Rio Grande do Sul, o Procon do Estado proibiu a empresa de comercializar novas linhas de telefone fixo e móvel no território gaúcho. A operadora era a mais reclamada do Estado, segundo o Procon. A Oi se defendeu, dizendo que desde que assumiu a operação da Brasil Telecom, em 2008, investiu, em média, R$ 208 milhões por ano na região.


A Telefônica Vivo anunciou, no finalzinho de maio, que todas as etapas do processo de aquisição da GVT já haviam sido concluídas. A companhia informou ainda que Amos Genish, fundador e diretor geral da GVT, passaria a ser o novo diretor presidente da Vivo Brasil, em substituição a Alberto Manul Horcajo Aguirre, que estava no cargo temporariamente após a saída de Antônio Carlos Valente.

Junho



Enquanto no Brasil as pessoas pareciam que iam ter um infarto porque viram pessoas do mesmo sexo se abraçando em um comercial de TV produzido por uma empresa de cosméticos, na Argentina a Telefônica (mesma dona da Vivo e GVT) colocou no ar uma campanha de divulgação do Speedy, seu serviço de banda larga, com um beijo entre homossexuais.

Mas por aqui a operadora Vivo também ousou, e relançou a música Exagerado, de Cazuza, com direito até a videoclipe em parceria com a Samsung. O destaque ficou para a exibição de pessoas sendo flechadas e se apaixonando, inclusive um casal de homossexuais do sexo feminino. No entanto, nada de beijo como na Argentina.

WhatsApp, Facebook e Twitter passaram a ser gratuitos na Claro. A oferta Internet Turbinada oferece o acesso as ferramentas de comunicação on-line sem descontar da franquia de dados contratada.

Otávio Azevedo, presidente da Andrade Gutierrez, foi preso pela Polícia Federal durante a operação Lava Jato, que investiga crimes de corrupção no Brasil. O executivo estava plenamente envolvido nas operações financeiras da Oi, já que a AG Telecom, braço da Andrade Gutierrez, é uma das sócias da operadora de telefonia brasileira.

Novos planos foram lançados pela Nextel. Chamados de PMG, a operadora norte-americana passou a permitir que clientes brasileiros pudessem montar seu plano pós-pago do jeito que precisasse. Com quantidade minutos e franquia de internet dosadas de acordo com a necessidade de cada um. Para divulgar a nova oferta, a operadora lançou um vídeo anônimo no YouTube que questionava "Quem controla seu plano: você ou sua operadora?", despertando a curiosidade dos internautas.

Reclamações do setor de telecomunicações passaram a poder ser feitas à Anatel direto de um aplicativo de celular. A novidade foi de um app chamado Anatel Consumidor.

Para zombar das outras operadoras, e ostentar o que o relatório do Open Signal divulgou: que ela tem a internet 4G mais rápido do país, a Claro criou a lesma chip. A personagem fez muito sucesso, além de provocar polêmicas com a sua cor e do chip em que foi colocada.

Julho



Denúncia: provedores de internet atormentam novos clientes de internet da Oi. Clientes se queixaram ao Minha Operadora de que começaram a receber uma enxurrada de ligações do provedor UOL e Terra, logo após contratarem a Oi Velox, serviço de banda larga da operadora. Conseguimos gravações dessas ligações e mostramos o nível de desrespeito de atendentes dissimulados, que fazem de tudo para vender um serviço que custa a partir de R$ 19,90 por mês, e manter seu emprego.

O satélite Star One C4 foi lançado ao espaço pela Embratel. A ideia é utiliza-lo para fortalecer a operação da Claro TV e deixar mais robusta a rede de telecomunicações utilizada durante as Olimpíadas Rio 2016, cuja empresa é patrocinadora.

A TIM lançou o Liberty Top, plano pós-pago com franquia de internet de até 50GB, ligações ilimitadas de TIM para TIM e minutos para falar com números de outras operadoras. Dependendo do estado e categoria escolhida, o plano começa com preço de R$ 99 por mês e vai até R$ 299 de tarifa mensal.

José Félix, ex-presidente da NET, foi provida a cuidar de todas as operações do Grupo América Móvil no Brasil. Isso significa que ele vai cuidar dos interesses de Claro e Embratel, além da própria NET, empresa que ele comandava.

Uma loja da Nextel foi depredada por um cliente enfurecido com os serviços prestados pela empresa. A indignação do homem se deu porque ele não estava conseguindo concluir o pedido de cancelamento do seu plano com a central de atendimento da empresa.

A Claro anunciou parceria com a Natura para que todos os consultores da maior empresa de cosméticos do Brasil recebem um chip da operadora com 500 chamadas ilimitadas de Claro para Claro, 100MB de internet e 500 torpedos para qualquer operadora por R$ 15 mensais. O objetivo era facilitar a venda dos produtos pelos revendedores.

Para combater o plano Liberty Top, da TIM, a operadora Oi anunciou o plano Conta Conectado, com ligações ilimitadas para Oi e qualquer fixo, 5GB de internet e 500 minutos para falar com qualquer operadora. Tudo por R$ 139 por mês - mesmo preço do plano da concorrente com 6GB de internet e 400 minutos.

No final de julho, o Grupo Telefônica anunciou que só nos seis primeiros meses de 2015 (1º semestre), suas empresas Vivo e GVT faturam um total de quase R$ 19 bilhões, um aumento de 10% sobre o capital da companhia durante o mesmo período de 2014.

Agosto

A Anatel determinou que o número da Guarda Municipal passe a ser considerado de emergência e seja gratuito. A adição do número 153 na lista de emergências das empresas deve ser feita até o mês de novembro, segundo ordem da Agência.

Turbo WhatsApp foi o nome que a TIM deu para sua mais nova oferta. Por R$ 12 mensais (ou R$ 0,40 por dia) o consumidor recebe 30 dias para utilizar os principais recursos do aplicativo à vontade, com direito a mais 50MB de internet para utilizar durante o mês.

O mais novo presidente da Vivo, dono do GVT, deu uma declaração bastante polêmica contra o WhatsApp: "Eles estão trabalhando contra a lei brasileira [...] É pirataria no pior sentido, é um operador na Califórnia usando nossos números e clientes e sem obrigações regulatórias, jurídicas e fiscais. Não vai acontecer nunca de fazermos parceria."

Um ano antes do início das Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro, a Claro colocou no ar sua primeira campanha publicitária voltada ao evento. A empresa, junto com a Embratel, é a responsável por prover os serviços de comunicação durante os jogos.

A apresentadora Xuxa Meneghel, global por décadas, passou a fazer parte do casting de artistas da Rede Record, e levou a Nextel junto. Durante a estreia do seu programa, Xuxa deu um smartphone com o plano mais caro da Nextel a um dos presentes na plateia - com 10GB de internet e 2.500 minutos para qualquer operadora - de graça por três meses.

Nextel que, por sinal, é uma operadora com sede nos Estados Unidos, mas tem o Brasil como prioridade nos seus planos. Vendeu suas operações em outros três países que tinha atuação e nomeou em agosto Francisco Valim, ex-presidente da Oi, como seu diretor geral em nosso país.

Aproveitando o assunto executivos, o presidente da TIM, Rodrigo Abreu, foi eleito o Homem das Comunicações 2015. Ele recebeu uma homenagem da Associação Brasileira das Empresas e Profissionais de Telecomunicações (Aberimest) pelo trabalho que tem realizado à frente da TIM.

Setembro



Pela primeira vez na história, o cantor Roberto Carlos liberou suas faixas musicais para serem utilizados como Som de Chamada por uma operadora de telefonia. A empresa contemplada foi a Vivo, que conseguiu convencer o artista a fechar um acordo de exclusividade com ela, por um preço de negociação não divulgado.

Uma festança foi organizada pela TIM e o aplicativo de música Deezer. A operadora italiana se uniu ao aplicativo de música francês para lançar o TIM Music by Deezer no Brasil. O serviço musical tem um catálogo com mais de 35 milhões de canções para serem ouvidas por streaming, custando a partir de R$ 9,90 por mês para clientes pós-pagos e R$ 2,90 por semana para quem tiver um plano pré-pago da TIM.

O Grupo Oi comprou a Telemont do Rio de Janeiro. A empresa de infraestrutura prestava principalmente o serviço de instalação e reparo de linhas telefônicas e internet banda larga fixa. Todos os funcionários terceirizados passaram a ser contratados pela Serede, subsidiária da própria Oi. A operadora quer acompanhar de perto os serviços realizados pelos profissionais.

A internet da Oi ficou mais rápida. A companhia anunciou que a Oi Velox passaria a oferecer velocidades de até 35 Mega nas principais cidades brasileiras. A novidade só foi possível graças a uma rede de fibra ótica com capacidade de transportar até 100 Gbps ligando doze capitais.

Dados analisados pela consultoria em telecomunicações Teleco apontaram que o faturamento das operadoras com internet e TV por assinatura superou o dinheiro que recebem com ligações e SMS. A diferença entre um e outro era de 2%, mas a tendência é que os serviços de dados continuem a crescer muito mais do que a voz.

A Vivo conseguiu um outro acordo de exclusividade durante setembro, dessa vez com a fabricante de eletrônicos chinesa Xiaomi. A operadora começou a revender em suas lojas o aparelho Redmi 2 a partir de R$ 250 casado com um plano de conta.

Agora, duas situações lamentáveis foram registradas no Recife, a falta de bons modos e respeito ao próximo imperou na capital pernambucana durante um mesmo mês. Dois empresários do sexo masculino, casados por meio de união estável, foram ofendidos publicamente por um técnico da GVT. Ao realizar um reparo no estabelecimento do casal, o empregado da operadora alterou o nome da rede WiFi de Provanza para Viadao. O caso foi parar na TV Globo, que ouviu o relato do casal gay. A GVT prometeu investigar o caso e tomar "medidas administrativas rigorosas" para evitar que isso volte a acontecer.

Como se não bastasse, um outro funcionário de outra operadora, dessa vez da Oi, ousou trocar o nome de um dos clientes da empresa para Cafageste na conta telefônica. O recifense Francisco Rodrigues sequer acreditou que isso estava acontecendo com ele.

Outubro



A Oi voltou a descumprir ordem da Anatel de manter 9 de cada 10 orelhões em cada estado brasileiro funcionando, e foi punida pela Agência reguladora pela segunda vez no ano. Com isso, foi obrigada a permitir ligações para qualquer telefone fixo do Brasil por meio de seus telefones públicos de forma gratuita em 14 estados.

A igreja evangélica Assembleia de Deus lançou a operadora de telefonia móvel virtual Mais AD em São Paulo. Apostando alto na lealdade de seus membros, a igreja pensa alto: ter 1 milhão de clientes em nos 12 primeiros meses de operação e faturar muito - R$ 250 milhões nos seus primeiros cinco anos de existência.

Foi desmontada uma operadora de televisão fechada pirata, com cerca de 10 mil usuários em 16 estados brasileiros e em Portugal. Os envolvidos no esquema criminoso foram autuados por estelionato, contrabando, descaminho e formação de quadrilha.

O site de vídeos pornográficos Xvideos acusou a brasileira GVT de estar limitando o acesso de seus clientes ao seu conteúdo. Uma tarja de cor vermelha com a acusação bem destacada passou a ser exibida para todos os clientes da operadora de banda larga que acessavam o portal. Consumidores ficaram irritados com a empresa de telefonia ao saber da sua prática de controle de conteúdo. A GVT negou a informação.

A Oi anunciou para quem quisesse ouvir que tinha acabado de receber uma proposta de Mikhail Fridman, magnata russo, no valor de US$ 4 bilhões de dólares. O valor seria injetado pelo grupo de investimento Letter One caso a operadora brasileira se unisse a italiana TIM. O grupo de telecomunicações aceitou ter um conversa exclusiva para negociar com os russos.

Começou ainda em outubro uma nova era no ramo de chamadas telefônicas para telefone móveis. Enquanto a Oi fazia uma campanha na televisão que deixou os brasileiros cheios de curiosidade, a TIM apresentou em 30 de outubro um novo portfólio de todos os seus planos. Entre as principais novidades estava o início do tão esperado fim do chamada efeito clube, que limita as ligações efetuados apenas para membros da mesma empresa de telefonia.

Novembro



Logo em seguida, no dia 3 de novembro, a Oi apresentou o Oi Livre, também com planos de minutos para falar com qualquer operadora nacional e pacotes bem maiores de internet. Cerca de 20 dias depois os planos controle e pós-pagos também ganharam novas condições, surpreendendo o mercado e rendendo elogios dos consumidores.

Mesmo com todo o alvoroço causado pelas novidades apresentados no ramo de voz da segunda e da quarta maior operadora do país, a maior de todas (Vivo) negou que tenha interesse nesse tipo de oferta. A informação foi dada pelo próprio presidente da empresa, Amos Genish, que abriu a boca mais uma vez para dizer algo que desanimou os clientes: "Estamos confortáveis com nosso rumo, que privilegia valor à volume", taxou o executivo.

O site da Oi recebeu um novo visual. Mais bonita e moderna, a página da empresa ganhou um layout responsivo - que se adapta as diferentes telas dos dispositivos de navegação - e scroll (rolagem) contínuo.

A Vivo não ficou parada no setor de telefonia celular, pelo contrário, lançou a promoção Vivo Tudo Turbo, com foco em internet que pode chegar a até 600MB de franquia semanal. A oferta liberou ainda o benefício de ligações ilimitadas para outros números Vivo, privilégio que só era concedido pela operadora para seis estados nordestinos.

Outra novidade da operadora da espanhola Telefônica foi o Vivo Easy, um plano completamente adquirido e gerenciado por meio de um aplicativo para smartphones. Oferecendo internet com limite de navegação a partir de 1GB, ligações ilimitadas para Vivo e torpedos ilimitados para qualquer operadora, o plano sai com um custo inicial de R$ 50,00 mensais. Também é possível contratar até 80 minutos adicionais para falar com qualquer operadora por mais R$ 15 no valor debitado exclusivamente pelo cartão de crédito.

Na última sexta-feira do mês de novembro ocorreu a Black Friday em várias partes do mundo. No Brasil, todos as empresas de comunicação participaram da ação. A Vivo prometeu descontos de até 90% em aparelhos, assim como a Claro, que disponibilizou ainda uma oferta ousada, com 20GB de internet e 200 minutos pra falar com qualquer operadora local em um plano custando R$ 110 mensais. A Oi focou suas promoções de na queda de preço de aparelhos e a TIM deu uso ilimitado do WhatsApp por 30 dias para cliente pré-pago que recarregasse sua linha com créditos a partir de R$ 15 e 4GB de internet e 1 mil minutos em ligações em um plano pós-pago com desconto, por R$ 99 por mês.

Dezembro



No dia segundo dia de dezembro o setor de telecomunicações comemorou os quatro anos de existência do site especializado Minha Operadora. O site divulgou ainda o atingimento da marca de 2 milhões de páginas vistas e forte presença nas redes sociais.

A consultoria multinacional Interbrand elegeu as operadoras Vivo e Oi como sendo algumas das marcas mais valiosas do Brasil. Em um ranking anual com 25 colocações, a Oi aparece na 18ª posição, com valor de marca estimado em R$ 686 milhões. Já a Vivo foi a nona colocada, com marca valendo R$ 2,63 bilhões.

Outra empresa de telefonia que foi honrada num ranking foi a Nextel. A operadora apareceu como sendo a melhor operadora de celular do país na opinião dos consumidores participantes da pesquisa Melhores Serviços 2015 do jornal O Estado de São Paulo.

A Anatel fez leilão para interessados em obter sobras de faixas nas frequências 1.8 GHz, 1.9 GHz e 2.5 GHz. Ao todo o leilão arrecadou R$ 850 milhões, sendo quase R$ 500 milhões pagos somente pela Nextel. Apenas Oi e Algar Telecom não participaram do evento.

2015 começou quente, e terminou fervendo no ramo de telecom. A Justiça exigiu que o aplicativo WhatsApp fosse suspenso pelas empresas de internet pelo período de de 48 horas. As teles prontamente atenderem a decisão, e perto da meia-noite da quinta-feira, 17 de dezembro, as conversas começaram a não ser mais concluídas. O motivo justificado foi a inércia do Facebook, dono da empresa de mensagens, de contribuir com uma investigação criminal que visava investigar e punir bandidos. Na prática, o bloqueio só durou 1/4 do previsto, depois que o dono do aplicativo, Mark Zuckerberg, e o co-fundador do mesmo, Jan Koum, se pronunciaram diante de todo o mundo sobre o que estava acontecendo aqui. Zuckerberg se disse chocado com a medida imposta ao app de conversação.

Que em 2016 possamos ter muito mais acontecimentos para contar. Porque 2015 ficou daqui pra história! Feliz Ano Novo pra você.



Nenhum comentário:

Postar um comentário