quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Vivo promove visita à casa de um bilionário aos seus clientes

O que você achou? 
Ação promocional é exclusiva para clientes cadastrados no programa de pontos Vivo Valoriza. Saiba como participar.

A Vivo, maior operadora de celular do Brasil, vai premiar, no dia 13 de agosto, um de seus clientes para uma viagem inesquecível para o Marrocos, África.

Inspirada no filme "Missão Impossível - Nação Secreta", a viagem não vai ter pouca coisa. Além de conhecer os pontos turísticos do lugar e receber as passagens dos voos de ida e volta, a Vivo vai disponibilizar, para o premiado e seu acompanhante:

  • 5 noites em um hotel 5 estrelas;
  • Tour no local onde foi filmado o filme Missão Impossível 5;
  • Voo privado em helicóptero de luxo;
  • Passeio de tirolesa e travessia de uma ponte sobre um desfiladeiro;
  • Jantar na casa de um bilionário;
  • Aula de direção acrobática de buggy nas dunas;
  • Traslados de ida e volta do aeroporto;
  • Vale refeição de US$ 150 em Marrocos;
  • Seguro de viagem no valor de 140 libras para ambos os viajantes.

Não haverá sorteio para contemplar o sortudo que levará o prêmio. A mecânica de premiação vai se basear no "quem for mais rápido leva".

Podem participar da promoção qualquer participante do programa de fidelidade da operadora - Vivo Valoriza - que possua 100 mil pontos ou mais acumulados no CPF cadastrado. Às 13 horas do dia 13 de agosto, todos aqueles que se enquadrarem nessa exigência e quiserem ganhar a viagem, devem tentar efetuar o resgate do benefício através do site Meu Vivo, que estará disponível no site do programa na data e hora marcados. Quem conseguir resgatar primeiro leva a viagem com todas as suas regalias.

O cliente premiado receberá um contato da Vivo em até 48 horas após o resgate para confirmar dados e escolher a data que deseja viajar. A operadora, em parceria com a agência de viagens Octopi, disponibiliza o período de 15 de novembro de 2015 à 30 de junho de 2016, com exceção do período de alta temporada (15/12/2015 à 10/06/2016).

Leia também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário