domingo, 8 de março de 2015

Sistema da TIM fica indisponível e deixa clientes sem atendimento

O que você achou? 
Veja também: Nova taxa de adesão para o TIM Beta desagrada usuários.


O atendimento da TIM (*144) ficou sem funcionar para a maioria dos seus clientes durante boa parte deste sábado (7). Porém, segundo uma funcionária da operadora, o sistema já apresentava falhas e lentidão há dois dias. Com isso, vários clientes tiveram dor de cabeça para resolver problemas com a operadora.

Entramos em contato com a assessoria de imprensa da TIM, mas até o momento da publicação deste artigo, não recebemos um retorno com uma justificativa pelos motivos que ocasionaram a falha. Um acontecimento recorrente, segundo clientes da companhia.




Como é possível notar, o motivo do atendimento usuário era tirar dúvidas sobre as novas configurações do plano TIM Beta. Como informamos no inicio da segunda quinzena de outubro, a TIM dividiu o TIM beta em três categorias diferentes: beta basic, beta e beta lab. Na época, foi informado que qualquer cliente TIM podia passar a ser Beta Basic, pagando R$ 0,75 diário por cada serviço que usar - voz, internet ou torpedo.

Agora, ou mais precisamente desde o inicio do ano, está sendo cobrada uma taxa de R$ 29,90 para fazer parte dessa categoria. A cobrança começou a valer após muitos consumidores, principalmente 'beta labs', acharem injusta a possibilidade de qualquer um participar do 'Blablablametro' (jogo que possibilita a entrada de usuários betas comuns na classificação beta lab) gratuitamente.

Virar um beta basic é uma oportunidade para quem quer tentar ser beta lab (com tarifas especiais a partir de R$ 0,30), mas não tem um convite. Resta saber se vale a pena pagar uma taxa de migração considerável, e ainda ter que recarregar mais para pagar R$ 0,75 centavos por cada serviço que utilizar no dia. Para ter uma ideia, se o cliente beta basic usar internet, enviar um torpedo e realizar uma ligação durante todos os dias do mês, pagará cerca de R$ 67,50, ou R$ 2,25 por dia. Mais uma mudança que não deve agradar aos usuários de planos pré-pagos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário