sexta-feira, 27 de março de 2015

Oi Velox é a única a perder clientes em fevereiro. Veja os dados

O que você achou? 
Região Norte possui o menor número de assinantes banda larga fixa, enquanto que o Sudeste é a região mais conectada.


A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) disse que o Brasil fechou o mês de fevereiro de 2015 contabilizando 24,29 milhões de assinaturas de banda larga fixa legais. Isso significa que em 36,77% dos domicílios do país, há pelo menos um acesso de internet banda larga.

Dentre as regiões do país, a que tem uma maior concentração de acessos é a Sudeste, com 14,38 milhões de assinaturas. A Norte é a parte do Brasil que possui menos assinantes de banda larga, pouco mais de 754 mil conexões.

Dentre os estados da região Norte do país, o Pará concentra o maior número de usuários de internet banda larga (257,5 mil). Enquanto que o Amapá, por outro lado, possui apenas 20,5 mil usuários.

Indo para o Nordeste, vemos a Bahia disparando como o estado mais conectado da região, com 776,8 mil usuários de banda larga fixa. Enquanto que o Piauí ainda não apresenta uma boa inclusão digital, e provê acesso à internet a apenas 131 mil assinantes.

No Sudeste, obviamente que São Paulo é o estado em que há mais pessoas conectadas, também pela sua grande população. São 8,96 milhões de paulistanos assinantes de banda larga. Em contraste, o pequenino Espírito Santo representa apenas 448 mil conexões da região.

Descendo mais um pouco, vemos o Paraná como o estado mais conectado do Sul, com 1,72 milhão de conexões de banda larga fixa. Apesar de na região sul o número de usuários de internet ser bastante equilibrado entre os três estados, sempre há um "perdedor", e neste caso Santa Catarina é que apresenta menos assinantes (1,01 milhão).

Pra finalizar, damos uma passadinha no Centro-Oeste. Por lá, os goianos são mais ligados à rede (730,5 mil). Enquanto que uma pouca diferença entre Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, deixa este último em pequena desvantagem, apresentando o menor número de clientes de banda larga fixa da região central do país (299,7 mil).

Mercado

Quando a questão é concorrência entre as empresas do setor, temos a Oi Velox como a única companhia de banda larga que mais perdeu clientes do que ganhou durante o mês de fevereiro. Foram -17.963 usuários perdidos em um único mês. Quem costuma fazer companhia para a Oi no campo dos que mais perdem clientes é a Telefônica/Vivo, mas neste mês a operação paulistana da empresa ganhou força e conseguiu adicionar 23.051 assinantes à sua base.

Quem também cresceu foi a NET/Embratel, que ganhou 61.982 novos consumidores no período. GVT (29.503), TIM (7.535) e Algar Telecom (2.405) também ajudaram o setor a crescer.

Depois de toda a movimentação de fevereiro, a NET/Embratel continua no topo da "cadeia alimentar" do setor de banda larga fixa brasileiro. O conglomerado controlado pela América Móvil fechou fevereiro com 7,65 milhões de clientes. O grupo é seguido pela Oi, com 6,52 milhões de usuários; Telefônica Vivo (4,09 milhões); GVT (3 milhões) e Algar Telecom (419 mil).

* O resultado de adições líquidas é calculado levando em conta o número de novos clientes que uma empresa conquistou, subtraído pelo número de perdas registradas no período analisado.

Leia também: Vivo Speedy e Oi Velox continuam perdendo clientes em 2015
                         Vivo é líder isolada em ganhos de clientes em janeiro
                         Pela primeira vez em 10 meses, Oi TV apresenta perda de clientes

Um comentário:

  1. A oi na minha cidade está perdendo clientes até para radio, no meu bairro só estabiliza 5mb, enquanto perto da central é 35mb, eles não trocam os cabos de cobre por fibra mesmo o preço tenha caído tanto. Acabei de contratar 10mb da VipTelecom por mais que o dobro do preço, chega de instabilidade.

    ResponderExcluir