terça-feira, 31 de março de 2015

Oi TV volta a perder assinantes em fevereiro. Veja os dados

O que você achou? 
Claro TV também sofreu revés. São Paulo possui o maior número de assinantes de televisão por assinatura, enquanto que Roraima é o estado com menos usuários.


A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) divulgou os dados referentes ao andamento do sistema de televisão por assinatura no Brasil. Segundo a agência, o país possuía em fevereiro um total de 19,71 milhões de assinaturas de televisão fechada, o que representa 29,85% dos domicílios brasileiros com o serviço, de acordo com estudos e métricas populacionais organizados pelo IBGE. Em comparação com o mesmo mês do ano passado, houve a adição de 1,41 milhão de usuários a mais de TV paga.

Dentre as regiões do país, a que tem a maior concentração de acessos é a Sudeste, com 12,08 milhões de assinaturas. O Norte é a parte do Brasil que possui menos assinantes de TV Fechada, pouco mais de 836 mil instalações.


Dentre os estados da região norte do país, o Pará concentra o maior número de consumidores de TV por Assinatura (315,7 mil). Enquanto que Roraima, por outro lado, possui apenas 21,2 mil assinantes.

Indo para o nordeste, vemos a Bahia disparando como o estado mais assinante de televisão da região, com 677,3 mil acessos de TV paga, enquanto que o Piauí ainda não apresenta bons números, e possui apenas 77,5 mil assinantes.

No sudeste, obviamente São Paulo é o estado em que há mais telespectadores de TV por assinatura, também pela sua grande população. São 7,50 milhões de paulistanos assinantes de TV. Em contraste, o pequenino Espírito Santo representa apenas 286,5 mil assinaturas da região.

Descendo mais um pouco, vemos o Rio Grande do Sul como o estado com mais assinaturas do sul, com 1,29 milhão de assinantes de TV paga. Apesar de na região sul o número de usuários de TV fechada ser bastante equilibrado entre os três estados, sempre há um "perdedor", e neste caso Santa Catarina é o que apresenta o menor número de assinantes (704,6 mil).

Para finalizar, damos uma passadinha no centro-oeste. Por lá, os brasilienses são mais ligados aos canais da TV por assinatura (516,4 mil). Enquanto que uma pequena diferença entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, deixa este último em pequena desvantagem, apresentando o menor número de clientes de TV por assinatura da região central do país (204,9 mil).

Mercado

Falemos agora da disputa entre as principais empresas do setor. Assim como em janeiro, a Oi voltou a perder mais usuários do que ganhar em fevereiro: foram -10.027 a menos no saldo total de clientes da companhia. Quem também sofreu redução de assinantes foi a Claro (-6.950).

De resto, todas as demais operadoras aumentaram suas respectivas bases. A Sky liderou o crescimento da TV Paga em fevereiro, registrando acréscimo de 36.701 clientes. A operadora de TV à cabo NET conquistou 20.552 assinantes. A GVT ganhou 17.331 mil novos usuários e a Telefônica Vivo adicionou 4.878 novos consumidores.

Entenda a movimentação das teles no gráfico de adições líquidas* abaixo:
"Liderança isolada" é o termo que representa bem o nível de poder que o grupo América Móvil (formado por NET, Claro e Embratel) possui no mercado de televisão fechada no Brasil. O conjunto empresarial terminou o mês de fevereiro contabilizando 10,23 milhões de clientes. A Sky possui 5,68 milhões de assinantes. A Oi tem 1,25 milhão. A GVT cuida de 916 mil consumidores e a Telefônica Vivo dá conta de 780 mil.

* O resultado de adições líquidas é calculado levando em conta o número de novos clientes que uma empresa conquistou, subtraído pelo número de perdas registradas no período analisado.

Leia também: Pela primeira vez em 10 meses, Oi TV apresenta perda de clientes
                         Oi Velox é a única a perder clientes em fevereiro
                         Celular: Vivo é líder isolada em ganhos de clientes em janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário