sábado, 14 de fevereiro de 2015

Claro divulga resultado nada animador referente ao ano passado

O que você achou? 
Operadora apresentou prejuízo em suas operações, mas se unida com a Embratel e NET, o resultado é positivo.

A Claro Telecom Participações divulgou esta semana seu balanço referente a 2014. A empresa mostrou nos últimos três meses de 2014 um prejuízo líquido de R$ 414,8 milhões, mais de oito vezes (738,1%) maior do que no anterior, embora tenha mostrado recuperação no consolidado do ano, com R$ 619,5 milhões de prejuízo, 33,8% menor do que o registrado em 2013. O prejuízo total, considerando a fatia para acionistas não controladores, foi de R$ 781,3 milhões no quarto trimestre, mais de três vezes (206,9%) maior do que o registrado no mesmo período do ano anterior.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBTIDA) fechou o trimestre em R$ 944,9 milhões, aumento de 14,6%. No acumulado do ano, a empresa totalizou R$ 3,594 bilhões, aumento de 31,3% em relação a 2013.

A receita líquida da companhia diminuiu 7,9% no trimestre, totalizando R$ 3,639 bilhões. A companhia atribuiu o resultado "principalmente devido ao efeito na redução da tarifa de VU-M". A Claro Telecom fechou 2014 inteiro com R$ 13,836 bilhões, aumento de 1,1% em relação a 2013.

A companhia informou ainda o resultado contando com a integração entre Claro, Embrapar, Embratel e Net Serviços, estabelecendo comparativo pró-forma mostrando os ativos se consolidados em 2013. Juntando os negócios, a receita líquida totalizou R$ 9,295 bilhões no quarto trimestre, aumento de 2,6%. No ano, foi de R$ 35,685 bilhões, aumento de 6,5%. O EBITDA ficou em R$ 2,487 bilhões (aumento de 7,2%) e R$ 9,541 bilhões (14,7%) no trimestre e no ano, respectivamente. Por sua vez, o lucro operacional foi de R$ 661 milhões (42,4%) e R$ 2,327 bilhões (30%).

                         Claro TV fecha 2014 com fuga surpreendente de clientes

Com informações de Teletime.

Um comentário:

  1. Se as operadoras investissem altos nas cidades do interior ,o retorno seria de imediato. Há várias que não há sinal de celular e que dirá internet. Onde moro ( Magé-Rj) vários bairros com esse problema, a operadora que investisse aqui , lucraria pois não haveria concorrência. Deveriam era fazer uma pesquisa e investir nesses locais.

    ResponderExcluir