quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Zeinal Bava não é mais presidente da Oi

O que você achou? 
Esse já é o sexto executivo que não aguenta a pressão e pede para sair do controle da empresa.

A Oi confirmou nesta quarta-feira (08) a notícia repercutida pelo Minha Operadora no domingo (05) de que o atual diretor-presidente do Grupo Oi, Zeinal Abedin Mahomed Bava, estaria de saída do cargo.

Bava era presidente da Portugal Telecom desde 2008, e assumiu o cargo na diretoria da Oi, que até então era de Francisco Valim, no inicio de junho do ano passado (2013) para ajudar no processo de fusão entre as empresas. No inicio de agosto de 2014, decidiu sair da diretoria executiva da PT para dedicar-se exclusivamente à Oi. Dentre os alvos, estava o de aumentar ao máximo possível o potencial de sinergias da operação de fusão 'Oi-PT' e a promessa de construir a melhor operadora de TV por assinatura do Brasil.

Porém, devido a investimentos de alto risco feitos pela Portugal Telecom de cerca de 900 milhões de euros feitos no BES (Banco Espírito Santo) sem aviso prévio a Oi, o relacionamento de Zeinal Bava com os acionistas da operadora brasileira começou a esfriar. Esse é um dos principais motivos apontados para o pedido de renúncia do executivo.

Dentre os feitos de Bava enquanto na Oi, estão a criação da plataforma Oi Galera, melhorando a comunicação da empresa com o público jovem; o fornecimento de estrutura de telecomunicações para toda a Copa do Mundo FIFA 2014 no Brasil, que ocorreu com sucesso; o projeto Click, para melhorar a qualidade do serviço de campo, e o rápido crescimento do setor de televisão fechada da operadora (Oi TV), que ultrapassou 1 milhão de assinantes no mês de setembro - conforme prometido.

Zeinal Bava será substituído interinamente por Bayard de Paoli Gontijo. Até que o Conselho de Administração da Oi indique um substituto definitivo para o cargo, Gontijo conciliará suas atuais funções de Diretor de Finanças e de Relações com Investidores com a função de Diretor Presidente da Companhia, deixada por Bava.

Reação do Mercado

Após o anúncio da renúncia de Zeinal Bava, as ações da Oi tiveram forte recuo na bolsa. Às 16h47, as ações preferenciais da operadora apresentavam a maior baixa da Bovespa, cotadas a R$ 1,53, queda de 7,83%.

Um comentário:

  1. Demorou para sair, não fez nada!
    A Oi nunca foi tão ridícula.. Vou apontar os pontos ruins:

    1-Taxa de participação mensal de 1,49 em qualquer promoção do Pré-Pago.
    2-Oi Galera (como o minha operadora publicou) não disse a que veio, nem em SMS se destacou, hoje ngm nem lembra mais do plano.
    3-Demora para anunciar mais opções de plano Controle. E por tamanha demora, deve ter perdido muitos clientes para os planos Controle da Claro e Vivo. A Tim agora passa a ser a com menos opções, para sorte da Oi..
    4-A estratégia pífia de focar no público jovem, a Oi esqueceu de lembrar que não existe só uma faixa etária no Brasil, e como o brasileiro foca em quantidade/economia para depois pensar em qualidade, a Oi ficou ainda mais esquecida..

    Tchau Zeinal, não fizeste nada interessante!!

    ResponderExcluir