segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Zeinal Bava vai deixar PT para dedicar-se a Oi

O que você achou? 
Executivo será substituído pelo vice-presidente executivo para a Europa e África da NSN.

A segunda-feira (04) começou agitada nos bastidores do setor de telecomunicações pelo mundo. O Minha Operadora já noticiou que a Telefônica quer evitar a tentativa de compra da GVT pela Telecom Itália e já está preparando os cofres para um possível ofensiva, noticiamos também que a Claro vai reger economicamente as empresas NET e Embratel aqui no país. E agora vem essa: Zeinal Bava vai deixar a presidência da Portugal Telecom para se concentrar nas atividades de reestruturação da brasileira Oi. A informação é do jornal português Negócios.

Segundo o jornal, o objetivo da proposta é antecipar a unificação das empresas, mesmo antes de concluir a fusão. Neste processo, Zeinal Bava deixa de ser presidente executivo da PT Portugal, ficando as suas funções concentradas na Oi, onde pretende fazer a recuperação financeira e operacional.


Bava será substituído por Armando Almeida, ex-vice-presidente executivo para a Europa e África da Nokia Siemens Networks.

Acelerar a integração das atividade em Portugal e no Brasil é o objetivo principal da proposta que Zeinal Bava fez ao conselho de administração da Oi e que prevê a sua saída de presidente executivo da PT Portugal.

O plano de fusão PT-Oi prevê que a área financeira da empresa portuguesa seja comandada por uma equipe brasileira, liderada por Marco Schroeder, que responderá ao administrador financeiro da Oi, Bayard Gontijo, enquanto Armando Almeida responderá a Zeinal Bava. Gontijo e Bava terão, no entanto, funções exclusivamente na administração da Oi, segundo o Negócios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário