domingo, 24 de agosto de 2014

Venda com tablets chegam às lojas da Vivo e TIM

O que você achou? 
Vendedores poderão concluir processos em qualquer ambiente da loja. Mais de três milhões de folhas de papel devem ser economizadas anualmente.

Um sistema de venda sustentável, que coloca tablets nas mãos dos consultores de vendas em lojas de celular e soluções digitais promete revolucionar a experiência dos clientes de Telecom. Parece futurista para você? Na Vivo e na TIM esse projeto já é realidade.

Aumento de receita, redução de custo operacional, melhor experiência do cliente na loja e maior eficiência na qualidade do processo de vendas. Esses são os objetivos que estas operadoras esperam alcançar com a nova ferramenta, implementada para ativação de novas linhas. A tecnologia (embarcada em tablets) reduz o tempo de espera do cliente em até três vezes e já está disponível nas lojas de São Paulo e Curitiba. A expectativa da companhia é equipar a força de vendas de todas as lojas do Brasil até o fim do ano.

“Esse novo sistema traz excelentes benefícios tanto para os clientes, que esperavam até 30 minutos para ativar uma linha pós-paga, quanto para a companhia e seus revendedores, que poderão aumentar as vendas com o ganho da produtividade. Com esta nova solução, estimamos que cada loja poderá aumentar até 2,5 vezes sua capacidade de venda e atendimento”, afirma Lorenzo Lindner, COO da TIM Brasil.

A solução funciona integrada a um tablet, em substituição ao desktop utilizado no modelo anterior. Um importante diferencial é a captura inteligente e o armazenamento da cópia dos documentos do cliente por meio de uma tecnologia inovadora, além da coleta da assinatura do consumidor a partir do recurso touch screen na tela do tablet. O contrato, que antes era impresso e entregue em mãos, passa a ser enviado para o e-mail do cliente. Ao todo, o processo de ativação passa de sete para três etapas.

A TIM desenvolveu o novo sistema a pedido de uma fabricante de smartphones para possibilitar a comercialização de planos de voz e dados em sua nova loja no Rio de Janeiro, inaugurada em fevereiro deste ano.

Telefônica/Vivo

Com o processo, toda a operação para comercialização de diversos serviços nas 312 lojas da operadora, incluindo a assinatura do cliente, passa a ser digital - eliminando o uso de papel em todo o processo.

Assim como na TIM, a assinatura digital torna desnecessária a impressão do contrato e elimina o papel utilizado para fazer cópias dos documentos dos clientes, que são fotografados e armazenados em arquivo virtual. A estimativa é que sejam economizadas anualmente 3 milhões de folhas de papel. Os consultores, em vez de receber os usuários em mesas fixas, percorrem a loja com tablets para atender ao público em qualquer parte do ambiente.

Além de ser sustentável por evitar o uso de papel, o sistema promete reduzir o tempo de atendimento e permite o controle online de vendas, reduzindo também o tempo para ativação dos serviços e custos com gestão documental.

A implantação do novo sistema começou como um projeto piloto, em dezembro de 2013, na loja do Shopping Leblon, no Rio de Janeiro.

Com informações de Assessoria de Imprensa Telefônica/Vivo e Tecmundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário