quinta-feira, 19 de junho de 2014

Copa de 2014 compromete capacidade de satélites jamais utilizada

O que você achou? 
Vários satélites e redes de telecomunicações tem de ser preparados para suportar toda a demanda de sons e imagens.

Para que bilhões de pessoas ao redor do mundo possam acompanhar o que vai acontecer nos estádios brasileiros você sabe que é preciso muita banda de internet e de satélite para enviar todo o conteúdo em tempo real. Nesta Copa do Mundo no Brasil serão comprometidos mais de mais de 450MHz de capacidade dos satélites da SES, uma das maiores operadoras de satélites geoestacionários do mundo - assim chamados por estarem em uma órbita sobre o equador possibilitando um período de rotação igual ao da Terra, ou seja, 24 horas. 

Independentemente do dispositivo utilizado, televisores, tables ou smartphones, satélites localizados a 36 mil km no espaço estarão atuando. Eles vão possibilitar aproximadamente 30 mil horas de cobertura do evento.

Assista no vídeo abaixo uma explicação melhor de como todos os satélites estão funcionando para conectar o mundo ao maior evento futebolístico do globo terrestre:


Com informações de UOL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário