segunda-feira, 12 de maio de 2014

TIM investe R$ 600 milhões em infraestrutura de redes de dados

O que você achou? 
Operadora ativou duzentas estações de internet de quarta geração no primeiro trimestre, em conjunto com a Oi.

O presidente da TIM Brasil, Rodrigo Abreu, informou que no 1º trimestre a empresa ativou 200 'sites' 4G, em ran sharing, com a Oi. 'Esse é o acordo vigente, mas vamos negociar para todas as outras redes. Cumprir as metas rurais com o uso da faixa de 850MHz é um ganho operacional", frisou o executivo. Consumo de dados em alta impulsiona receita da tele que teve lucro líquido de R$ 372 milhões no período. A tele não esconde: está se preparando para o leilão 700 Mhz.

O incremento de rede, aliás, foi o principal alvo da TIM nos três primeiros meses do ano. Rodrigo Abreu revelou em teleconferência de imprensa sobre resultados, realizada nesta sexta-feira (09), que os investimentos foram feitos nas redes 3G, 4G e nos hotspots Wi-Fi, ao contrário do ano passado onde foi necessário reforçar a capacidade do 2G. Somente em infraestrutura foram aportados R$ 600 milhões de janeiro a março. O 4G, em compartilhamento com a Oi, ficou com 25% desse montante, ou R$ 150 milhões. A TIM planeja investir 94% dos R$ 4 bilhões de investimento no país em infraestrutura.

"Fizemos mais de 100 sites 3G, 200 sites 4G e interligamos mais de 300 hotspots Wi-Fi à nossa infraestrutura. Nossa intenção é ter mais de 14 mil sites 3G e 4G até dezembro. Melhoramos a infraestrutura de banda larga móvel em 320 cidades no 1º tri, cumprindo uma meta de mais de 50% prevista para o ano (600 cidades)", disse Abreu. Ele ressaltou ainda que com a rede melhor, a performance do serviço também cresceu. "Passamos de uma velocidade média de 800 Kbps para 2 Mbps onde refizemos nossa malha de infraestrutura", completou.

O consumo de dados foi fundamental para o bom resultado financeiro obtido pela TIM Brasil. E há muito por crescer ainda, sustentou Abreu. "O custo médio que o brasileiro quer pagar pela Internet está em R$ 30,00 e isso só pode ser obtido nos serviços móveis". A estratégia de conquista de clientes segue priorizando o pré-pago, mas com um olhar atento ao pós-pago. Na base da TIM, 58% já têm smartphones e, acrescentou o executivo, 37% deles têm uso efetivo de dados. Um dado importante ressaltado pela TIM Brasil. Segundo a tele, das novas compras, 80% já são smarpthones com o consumo de dados.

Com informações de Convergência Digital.

6 comentários:

  1. Tem previsao do sinal 4g da Tim em Teresina-Pi?
    Eduardo de Jesus
    Teresina-PI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkk, Tim só tem 3G em 10 de 224 cidades do Piauí, Bom se as pessoas chamam aqui de 3G, melhor mudar de operadora...

      Excluir
    2. Olá, de acordo com o cronograma de instalação do 4G no Brasil elaborada pela Anatel, as operadoras tem que cobrir todas as capitais e cidades com mais de 500 mil habitantes até o fim deste mês de Maio por obrigação. Para obter mais informações sobre o assunto, acesse: http://www.minhaoperadora.com.br/2012/06/resumo-do-4g-no-brasil.html
      Obrigado por nos escrever!

      Excluir
    3. Haha, pois aqui em João Pessoa - PB apenas a Vivo fornece 4G. Duvido que as demais implementem até o final do mês. Quero ver o que a ANATEL vai fazer.

      Excluir
    4. Na verdade meu caro..vc precisa se informar melhor. .o serviço da plataforma 4G em João Pessoa..Já funciona nas seguintes operadoras. .Oi,Tim,Claro e confirme citado Vivo

      Excluir
  2. Que investimentos? em MG na RMBH a TIM supera a oi em queda de ligação, internet independente se a rede é 2 ou 3G.

    Também, Denuncio que a TIM através da central de atendimento exclusivo para a promoção TIM BETA (http://www.timbeta.com.br/timbeta/fale-conosco) onde esse descumpre o Art. 15 do Cap. IV do Decreto nº 6523/2008

    ResponderExcluir