quinta-feira, 8 de maio de 2014

Primeira cidade digital do Sul tem rede com 10 Gbps de velocidade

O que você achou? 
Ao integrar programa de Cidades Digitais do Governo Federal, município passa a contar com velocidade de transferência de dados por rede de fibra óptica de 10 Giga, ante 100 Mega.


Contemplada pelo programa Cidades Digitais do Ministério das Comunicações (Minicom) no ano passado, São Miguel das Missões (RS) se tornou a primeira cidade do Sul a fazer parte dessa iniciativa. O município inaugurou o programa de inclusão digital do Ministério das Comunicações, que tem como objetivo modernizar a gestão, ampliar o acesso aos serviços públicos e promover o desenvolvimento dos municípios brasileiros por meio da tecnologia.

"É um grande presente para a nossa cidade, que vai beneficiar não só a gestão administrativa, mas também trazer grandes melhorias para a população, ampliar o acesso aos serviços públicos, com pontos gratuitos de banda larga", diz o prefeito Hilário Casarin, que pretende buscar novas parcerias para expandir o acesso à banda larga, inclusive na área rural do município.

Primeira cidade digital da região Sul, São Miguel das Missões, que tem aproximadamente 7,5 mil habitantes, passa a contar com velocidade de transferência de dados por rede de fibra óptica de 10 giga (anteriormente, a velocidade era de 100 mega), 14 pontos de rede (sendo 12 interligando órgãos do governo) e dois de acesso sem fio grátis para a população.

O projeto vai beneficiar também os 1,2 mil alunos das redes municipal e estadual de São Miguel. Haverá ainda melhorias para o setor de saúde, com a possibilidade de marcar consultas online, e o setor de tributos, já que será possível programar o pagamento do IPTU pela internet. Além disso, o projeto inclui treinamento de servidores para gerenciar essa rede.

O Ministério das Comunicações investiu R$ 870 mil na implantação do programa Cidades Digitais em São Miguel das Missões, com contrapartida do município de R$ 35 mil para a adequação de estruturas, como a reforma de algumas salas, instalação de condicionadores de ar e a contratação do serviço de internet.

As cidades que recebem essa estrutura são selecionadas por meio de edital. Lançado em 2012, o programa Cidades Digitais abriu a primeira seleção para o projeto-piloto, em que 80 municípios foram contemplados.

Em 2013, o programa foi incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, selecionando 262 municípios com população de até 50 mil habitantes. O Cidades Digitais já contempla cidades de todas as regiões brasileiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário