quinta-feira, 24 de abril de 2014

Vivo lança serviço de rastreamento de frotas

O que você achou? 
Além do rastreamento do veículo, o "Vivo Gestão de Frotas" o serviço deve controlar a velocidade, medir o trajeto percorrido e quilometragem.

A Vivo vai lançar, na próxima segunda-feira (28), o Vivo Gestão de Frotas - um serviço de monitoramento de frotas de veículos leves. Para colocar o negócio em prática, a operadora firmou parceria com a Sascar, empresa de rastreamento de automóveis controlada pela GP Investimentos. A operadora é a primeira a entrar no mercado de gestão de frotas de veículos leves. A Vivo vai utilizar a tecnologia M2M (comunicação máquina a máquina) para oferecer esse serviço.

Tradicionalmente, as empresas de segurança e rastreamento de veículos firmam contratos com várias operadoras de telecomunicações para fazer monitoramento, explicou Eduardo Tude, diretor da consultoria Teleco. A tecnologia M2M, que conecta diferentes máquinas por meio de uma rede, é usada em rastreamento de veículos e em máquinas de cartão de crédito, por exemplo, o seu principal uso. "Hoje, a Vivo é a segunda maior operadora no mercado de M2M do País, atrás da Claro", disse Eduardo Tude.

A nova ferramenta, batizada de Vivo Gestão de Frotas, foi desenvolvida para fazer o rastreamento do veículo. Além do serviço de localização, a solução é capaz de controlar a velocidade, o trajeto percorrido e a quilometragem. O sistema também permite o disparo de e-mails para o gestor da frota com alertas, para providências em tempo real, e define regiões em que o veículo pode trafegar. Caso o motorista ultrapasse o limite estabelecido, o gestor recebe alertas.

Roberto Piazza, diretor executivo de negócios digitais da Telefônica/Vivo, disse que o serviço facilitará, além do controle da frota, o controle dos custos. "O serviço facilita a gestão, com uma redução de custos, que pode variar de 10% a 30%, dependendo do tamanho da frota", afirmou.

O produto foi idealizado para atender empresários que possuem uma pequena frota e querem ter um controle maior do uso desses veículos. O público-alvo são donos de frotas utilizadas por equipes de vendas e assistência técnica, prestadores de serviço, como concessionárias de água, luz e telefonia, e empresas de entregas rápidas.

Para usar o produto, rastreadores são instalados nos veículos e habilitados pela Vivo. "Depois, é só baixar o aplicativo (disponíveis para os modelos iOS e Android)", explicou Piazza. "O prestador de serviço poderá monitorar pelo celular onde o veículo está exatamente para poder dar um retorno ao seu cliente." Segundo o executivo, o custo é de até R$ 100 por veículo. "Mas esse valor poderá ser reduzido dependendo do tamanho da frota."

O serviço começou a ser desenvolvido há aproximadamente um ano, quando a operadora anunciou parceria com a Sascar. As empresas não divulgam o investimento no negócio. A Vivo também não informou qual a receita estimada com o serviço.

Segundo Márcio Tabatchnik Trigueiro, presidente da Sascar, a frota de veículos leves é de cerca de 5 milhões de veículos. "Há um grande potencial que pode ser explorado com esse tipo de serviço", afirmou. "As empresas que fazem rastreamento de veículos têm contratos com diversas operadoras. Para esse produto de gestão de frota para veículos leves, a Sascar fechou contrato com a Vivo", disse Trigueiro.

De acordo com o presidente da Sascar, a empresa já faz esse tipo de rastreamento, mas voltado para frotas de veículos maiores, com contratos com várias operadoras.

Com informações de Estadão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário