sexta-feira, 21 de março de 2014

Tempos de chuva são também de tormento para usuários de telefonia

O que você achou? 
Com a chegada do período chuvoso no hemisfério sul do planeta, problemas com o sistema de telefonia móvel tendem a aumentar.


Esse fim de semana pode trazer mais do que chuva para grande parte dos brasileiros que cotidianamente vem enfrentando problemas com o sinal das operadoras de telefonia móvel. Os moradores de Jaguaribara, distante 216 km de Fortaleza - CE, ficam sem os serviços da operadora TIM. “Basta chover forte que falta sinal da operadora some”, afirma Jesus Carneiro, morador da região.

“Se a chuva for muito intensa, pode mesmo causar algum tipo de bloqueio no serviço, que funciona como um sistema de radiofrequência”, aponta Glaucionor Oliveira, chefe do Departamento de Telemática do Instituto Federal do Ceará (IFCE).

“As gotas de chuva interferem na propagação das ondas e afetam a comunicação entre a torre transmissora e os aparelhos”, complementa. Segundo o professor, o princípio é o mesmo em relação a televisão via satélite, que sai do ar quando o céu está muito nublado.

“Não há muito o que fazer, porque é uma questão climática. Nos estados que chovem mais, os episódios de queda de sinal são mais frequentes”, afirma.

Uma alternativa para evitar situações como ligações caindo na caixa postal sem toque de chamada ou ausência de conexão seria a implantação de um sistema ótico de emissão de antenas com laser. “Mas isso é uma tecnologia do futuro para a qual ainda não há aparelhos disponíveis”, acrescenta.

Conforme o especialista, as causas mais comuns de interrupção são a falta de energia elétrica no sistema telefônico e fatores físicos, como o rompimento dos cabos de fibra ótica.

A TIM informou, por meio da sua assessoria de imprensa, que, no caso específico do município cearense, o problema foi causado pela queima de uma peça no equipamento que atende o município, problema que foi sanado com a visita dos funcionários da empresa. 

Em relação às interrupções do serviço constatadas por alguns usuários, informou que, em virtude das fortes chuvas que estão ocorrendo na região Nordeste, é possível ocorrer pane nos equipamentos, os quais seriam sensíveis a variações climáticas, como a precipitação de fortes chuvas ocorridas recentemente no estado.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) disse não ter recebido o relatório da interrupção de serviços da TIM, o que deve ser feito nos próximos dias. Quando acontecem grandes lapsos, a operadora é obrigada a comunicar o problema a Anatel e dar informações como a quantidade de pessoas afetadas e o tempo de restauro do sistema, dentre outras. Essas informações são analisadas por técnicos da agência e tramitam por meio de processos que geralmente resultam em multas aplicadas às prestadoras.

Com informações de O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário