sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

População rural de Rondônia será coberta por telefonia móvel

O que você achou? 

Distritos e localidades rurais abrangidos por uma circunferência de 30 quilômetros das sedes municipais de Rondônia passam a ter acesso à telefonia móvel, e com conexão de internet. A ampliação do sinal será oferecia pela operadora Claro, que venceu o certame da gestão estadual. Até o próximo mês de junho, 21 municípios serão contemplados com o projeto. Em dezembro de 2015, os 52 municípios estarão iluminados pela cobertura telefônica. Uma nova chamada pública deve ser feita, para operadoras interessadas em expandir o sinal em distâncias maiores que 50 quilômetros.

Para a Associação Rondoniense de Municípios (Arom), a telefonia móvel rural deve dar mais agilidade aos trabalhos das prefeituras e facilitar a vida das famílias de produtores rurais, escolas e fazendas. Durante apresentação do projeto por representantes da Claro, o presidente da Arom e prefeito Vitorino Cherque salientou que, “Atualmente, a falta de comunicação tem provocado muitos transtornos para os municípios, porque estão localizados fora da abrangência de telefones. Isso tem dificultado até na hora do cadastramento de projetos e convênios das prefeituras”.

A Arom pondera que os prefeitos dos municípios contemplados devem agilizar o processo de regularização das áreas necessárias para a instalação das torres que receberão e transmitirão o sinal. Para evitar atrasos burocráticos, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental prestará as orientações durante a retirada das licenças ambientais. Após o lançamento do projeto, o governador Confúcio Mouro entregou aos gestores municipais uma pasta com cópias das leis e orientações sobre a instalação das torres.

Na nova chamada pública, que ainda não tem data prevista para ser lançada, as empresas concorrentes deverão ofertar o serviço a distritos distanciados a mais de 50 quilômetros, como é o caso de Extrema, Calama (Porto Velho), e Triunfo (Candeias do Jamari) e outros pelo estado. Na primeira leva de municípios beneficiados pelo projeto, estão, por exemplo: Cabixi, Castanheiras, Chupinguaia, Colorado d’Oeste, Parecis, Pimenteiras d’Oeste, Presidente Médici, Primavera de Rondônia, São Felipe d’Oeste, Theobroma e Vale do Paraíso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário