sábado, 8 de fevereiro de 2014

Operadora virtual dos Correios sai do papel com parceria italiana

O que você achou? 


Os Correios do Brasil e da Itália (Grupo Poste Italiane) assinaram acordo para lançamento de uma operadora de telefonia móvel por meio de rede virtual (MVNO) no Brasil. A assinatura do acordo pelo presidente dos Correios, Wagner Pinheiro, e pelo CEO do Grupo Poste Italiane, Massimo Sarmi, ocorreu durante uma reunião bilateral em Brasília, na presença do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, e do vice-ministro das Relações Exteriores da Itália, Mario Giro.

Será estabelecida uma joint venture entre os Correios e a Poste Italiane para implementar uma operação MVNO com base na experiência da italiana Poste Mobile que, lançada em 2007, é hoje a líder no mercado de MVNO italiano com três milhões de clientes. A experiência no negócio de operador MVNO já implementada com sucesso na Itália pela Poste Mobile, juntamente com a confiabilidade e a capacidade da rede de atendimento dos Correios, serão a base para o lançamento de uma operação conjunta no mercado brasileiro.

Para o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, a população terá mais uma opção de serviço de telefonia móvel, ressaltando a confiança e a tradição que a marca Correios tem em todo o Brasil. "Estamos muito felizes com esse acordo. Há dois anos já vínhamos tratando desse assunto e agora vemos que, em breve, já teremos resultados concretos", avalia Bernardo.

O presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira, afirma que a medida vai beneficiar os clientes dos Correios, por meio da extensa rede de agências da empresa. "Teremos uma gama de serviços de comunicações móveis completa e acessível, junto com soluções de valor adicionado simples e fáceis de usar", defende Pinheiro.

A escolha do parceiro de telecomunicações (operadora) que vai oferecer sua rede para a oferta de serviços ainda ocorrerá em abril. Após a assinatura do acordo, os dois operadores postais aliados vão começar a primeira rodada de reuniões informativas com as operadoras de telecomunicação móvel no Brasil.

O mercado de MVNO demorou a decolar, mas titãs estão começando suas operações no país. Entre elas, a Vodafone, com a Datora Telecom, mas interessada no mercado M2M, e a Virgin Mobile, que fechou um acordo com a Vivo. De acordo com a Anatel, o mercado de MVNO, em 2013, deteve 0,05% do mercado, com a PortoSeguro com pouco mais de 100 mil assinantes e a Datora vindo atrás com quase 20 mil assinantes.

O Minha Operadora vem acompanhando já há algum tempo o interesse dos Correios de virar uma operadora móvel, como nessa matéria publicada no inicio do ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário