quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Contax confirma instalação de nova central de atendimento no Nordeste

O que você achou? 
A Contax garantiu a imprensa que realmente pretende construir mais uma central de atendimento para o grupo no Nordeste, dessa vez no estado da Paraíba. O empreendimento do Grupo Oi terá investimentos de R$ 30 milhões e garantirá a geração de 3 mil vagas de trabalho para os paraibanos. Depois de mais de um ano de negociações, a unidade será construída no Distrito Industrial de Mangabeira, contando com incentivos locacionais e fiscais do Governo do Estado.

A solenidade que referenda a vinda da empresa inclusive já foi realizada no Palácio da Redenção. E a implantação da nova unidade de Call Center de João Pessoa deverá ser concluída dentro de 12 meses.


O protocolo a ser assinado com o Governo do Estado garante à empresa do Grupo Contax o deferimento do imposto estadual ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços), segundo o Regulamento do ICMS/PB; além de aquisição da área para construção da empresa com preços abaixo dos de mercado no Distrito Industrial de Mangabeira, que é gerenciado pela Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep).

Para atrair a Contax, o secretário executivo de Indústria e Comércio da Paraíba, Marcos Procópio, foi pessoalmente até a sede da Contax, no Rio de Janeiro, apresentar a Paraíba como opção de investimento. “Não foi uma negociação fácil. Desde aproximadamente junho [de 2012], quando visitamos os executivos e apresentamos a possibilidade de receber uma unidade da empresa na Paraíba. Depois de seguidas apresentações, eles vieram, visitaram a área, gostaram, e iniciamos os detalhes do projeto”, detalhou Procópio.

A Contax é a terceira grande empresa do segmento de teleatendimento que está se instalando na Paraíba. De acordo com a presidente da Cinep, Tatiana Domiciano, a AeC e a Orbital são empresas que já atuam no Estado, gerando mais de 8 mil empregos diretos para os paraibanos. “As empresas encontram em nosso Estado mão de obra capacitada para lidar com diversos públicos. E elas geram a oportunidade para que os jovens, perfil principal dos funcionários em call center, sejam inseridos no mercado de trabalho”, comentou.

Atualmente, Sistema Nacional de Emprego na Paraíba (Sine-PB) possui 500 vagas de trabalho destinadas ao cargo de operador de telemarketing nas empresas AeC e Orbitall. Com a vinda da Contax, este número aumentará e os interessados deverão procurar a sede do órgão para candidatar-se a uma das 3 mil novas vagas.

Cade aprova saída da Portugal Telecom da Contax


Por falar na Contax, aproveitamos esta matéria para informá-los que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a saída da Portugal Telecom (PT) do capital social da Contax Participações, empresa de call center da Oi. A decisão está em despacho publicado nesta quarta-feira, 08/01, no Diário Oficial da União (DOU).

Pela operação, serão reorganizadas as participações no controle da Contax detidas pelos grupos Andrade Gutierrez (AG Telecom) e Jereissati, por meio da LF Tel.

Assim, a Portugal Telecom deixa de ter participação na sociedade de contact center para concentrar seus investimentos no Brasil exclusivamente em atividades de telecomunicações por meio da operadora Oi, empresa com a qual pretende se fundir, conforme acordo preliminar anunciado em outubro, também em análise do Cade.

A intenção das companhias (que juntas dariam origem à CorpCo) é realizar um aumento de capital de cerca de R$ 13,1 bilhões na operadora brasileira.

A saída da PT da Contax será efetivada por meio de cisões da Pasa, EDSP75, AG Telecom e LF Tel, seguidas de permuta de ações detidas direta ou indiretamente pela Portugal Telecom por ações das demais acionistas em companhias do Grupo Oi.

O controle da Contax passará, portanto, a ser exercido pelos grupos AG e LF, em conjunto com o outro acionista controlador, a Fundação Atlântico de Seguridade Social (FASS).

A fatia atual da Portugal Telecom na CTX participações é de 19,9%, da AG, de 34,9%, da LF Tel, de 34,9% e da FASS, de 10,1%. Já na Contax Participações a PT tem 6,2%, a LF Tel, 3,9%, a AG, 3,9%, a FASS, de 1,1%, CTX Participações, de 27,5% e as ações livres no mercado somam 57,5%.

Na nova estrutura da CTX participações, a AG terá 44,9%, a LF Tel, 44,9%% e a FASS, 10,1%. Na Contax Participações, a nova configuração deverá ser de 27,5% da CTX, 7% da AG, 7% da LF Tel, 1,1% da FASS e 57,5% free float.

Nenhum comentário:

Postar um comentário