sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Vivo estreia rede de fibra ótica fora do estado de São Paulo

O que você achou? 


A Telefônica|Vivo lançou oficialmente nesta quinta-feira (07) em Porto Alegre a sua rede de fibra ótica própria. Serão 15,3 Km de cabos, que passam por Centro, Humaitá, Navegantes, São Geraldo, Hospital Militar e Avenida Cristóvão Colombo. 

O foco é atender ao mercado corporativo com velocidades dedicadas de 2 Mbps a 100 Mbps e acesso ao portfólio de serviços para esse perfil de cliente. “Mapeamos a capital e estamos dando prioridade para essa área, onde estimamos a presença de 30 mil empresas”, comenta o diretor de mercado corporativo da Vivo, Anderson de Oliveira. A oferta deve estar ativa em cerca de 30 dias. Enquanto isso, a empresa se foca na fase final dos testes e da validação da rede. 

O foco em 2013 é o centro de Porto Alegre, mas, a partir do próximo ano, a empresa espera crescer para outras regiões da cidade e chegar também a alguns municípios do Interior do Rio Grande do Sul. A operadora espera atingir uma participação representativa com os serviços de fibra ótica também fora do estado de São Paulo, onde já tem uma infraestrutura mais completa e detém a liderança desse mercado. Para isso, vai investir R$ 11,8 bilhões entre 2013 e 2014.

Além de Porto Alegre, a empresa chegará com essa infraestrutura no Recife, Rio de Janeiro, Curitiba, Brasília e Salvador. 

Em todas essas localidades, de acordo com a própria Vivo, o mercado empresarial é dominado por Oi e Embratel. “O fato de não chegarmos com a última milha própria prejudicava a nossa oferta, pois gerava um custo maior para o cliente final e nos impedia de ser competitivos”, explica Oliveira, destacando que era necessário alugar a infraestrutura de outras operadoras.

A partir de agora, a expectativa da operadora é oferecer mais altas velocidades e a vantagem do modelo combo, pelo qual as empresas poderão fazer pacotes incluindo diversos serviços, inclusive os de mobilidade. Com a fibra instalada, os clientes corporativos poderão utilizar serviços como o Vivo Cloud Plus, solução de cloud computing, e o MSS, Managed Security Services, solução modular de segurança da informação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário