segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Oi e TIM deixam de cobrir com 3G munícipios que já deviam estar cobertos

O que você achou? 
Dados da Anatel divulgados hoje (25) mostram que Oi e TIM não atenderam aos prazos determinados pela Anatel para abril de 2013 no serviço 3G. A falha acontece, especialmente, nas localidades com menos de 30 mil habitantes. A TIM descumpriu a meta em 410 municípios. A Oi em 415. Mas há também descumprimento de metas em cidades com mais de 100 mil habitantes. Em 1.909 municípios, o serviço 3G segue sendo prestado por apenas uma operadora (a Vivo). 

A meta da Anatel determina que a partir de abril, as operadoras móveis teriam de estar presentes em municípios com mais de 100 mil habitantes; em 50% dos municípios entre 30 e 100 mil habitantes e em 15% dos municípios com menos de 30 mil habitantes. De acordo com os dados, a TIM não cumpriu a meta em sete municípios com mais de 100 mil habitantes. Já a Oi ficou 'devendo' em 13 localidades. 

Já no item 50% nos municípios com população entre 30 mil e 100 mil habitantes, a TIM cumpriu suas metas. A Oi ficou devendo em 11 localidades. A maior falha das duas operadoras está nos 15% municípios com menos de 30 mil habitantes. A TIM não cumpriu a meta em 410 localidades e a Oi em 415. Vivo e e Claro estão, de acordo com os números, dentro das metas estabelecidas pela Anatel.

O ruim desses atrasos é que para cumprir as metas, as operadoras retardatárias tem de correr atrás, e isso é refletido muitas vezes com um serviço de péssima qualidade, que não chega a cobrir nem metade da cidade. Muitas vezes os técnicos vão lá na cidade em que é exigida a instalação da tecnologia e fazem a instalação na correria, sem a preocupação se o sinal vai cobrir toda a população ou não.

Um exemplo é a cidade de Paulista, na região metropolitana do Recife. Apesar de a cidade pernambucana possuir mais de 300 mil habitantes, sim, trezentas mil pessoas, a Oi, operadora mais utilizada por lá, não cobre bem nem o centro da cidade com 3G, segundo relatos da própria população, que são obrigadas a conviver com o EDGE (rede de 2ª geração) em boa parte do município. Porém, no site da Oi é apresentado que o município possui sim cobertura 3G, mas essa informação é só para fins de "cumprimento de metas". O que o site não informa é que essa cobertura é para poucos.

O relatório informa que 3.549 municípios brasileiros já têm acesso ao serviço 3G. Os dados mostram que 2.021 municípios seguem sem o serviço, ou 18.567.390 de brasileiros fora da banda larga móvel. Os números mostram que, em outubro, 1.909 municípios seguiam sendo atendidos por apenas uma única operadora. Isso significa que 24.947.637 milhões de brasileiros não têm acesso aos serviços competitivos.

A Vivo lidera a cobertura com 3.132 localidades. A Claro aparece na segunda posição com 1.579 municípios. A TIM está em terceiro lugar com 925 localidades e a Oi com 888 localidades. Vale lembrar que Vivo e Claro acertaram um acordo de compartilhamento no 3G e no 4G. TIM e Oi fecharam apenas para o 4G.

Nenhum comentário:

Postar um comentário