quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Rio de Janeiro trocará Oi por rede própria

O que você achou? 
O governo do estado do Rio de Janeiro deve lançar no início de 2014 a chamada de manifestação de interesse de uma parceria para a construção de uma rede de alta velocidade do Estado. O objetivo é substituir a atual rede MPLS e os serviços de telefonia fixa contratados da Oi por uma rede própria que integre voz e dados.

O serviço será exercido por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP) com a empresa ou consórcio vencedor da licitação.

Segundo Paulo Cesar Coelho, presidente do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro (Proderj), o contemplado precisará criar uma Sociedade de Propósito Específico para ficar responsável pela operação da rede e nela o governo deverá ter um espaço no conselho. 

“A ideia é construirmos um backbone de fibra óptica e complementar as ligações para localidades mais remotas via rádio”, conta diz Coelho.

A Casa Civil, assessoria do Proderj e da PUC-RJ estão estudando o modelo técnico, jurídico e econômico-financeiro do PPP.

As empresas interessadas terão de três a quatro meses após a publicação do edital para estudarem o projeto e encaminharem suas propostas. Um consórcio envolvendo a Embratel, a Cisco e a Promon já manifestou interesse no projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário