sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Consumidora recebe conta de R$ 70 mil por usar internet durante viagem

O que você achou? 
Internet durante uma viagem internacional pode ser útil, mas pode sair bem caro. A britânica Helen Christie, de 40 anos, descobriu isso da pior forma possível. Ela utilizou seu smartphone em roaming para acessar o Facebook enquanto viajava e, quando voltou, descobriu que precisaria pagar 19.656 libras esterlinas, equivalente a cerca de R$ 70 mil.

Christie assinou um plano de 6 libras (R$ 22) por dia para uso de internet, mas o custo ficou em 2,7 mil libras (R$ 9,9 mil) diárias. A operadora Orange alega que o valor absurdo se deu porque ela havia desmarcado uma opção que limita o gasto de dados em até 42 libras (R$ 154) por dia.

"Eu achei este valor uma afronta. Todas minhas férias custaram £ 700 [cerca de R$ 2.500]. As táticas usadas pelas operadoras são assustadoras. As pessoas não percebem o que essas companhias estão fazendo", afirma ela em entrevista ao The Mirror.

Ao ser contatada pela imprensa local, a operadora decidiu rever a situação de Christie e decidiu cobrar um pouco menos. Pelo "caráter excepcional das circunstâncias", a Orange cobrará apenas 875 libras (R$ 3,2 mil) pelo serviço prestado, mas Helen ainda não está satisfeita e irá protestar o valor na justiça.

5 comentários:

  1. São bandidos! O que se pode esperar de bandidos? Tanto no Brasil como em outros países, dependendo da operadora, é a mesma coisa! São bandidos por todas às partes do mundo.

    ResponderExcluir
  2. São bandidos! O que se pode esperar de bandidos? Tanto no Brasil como em outros países, dependendo da operadora, é a mesma coisa! São bandidos por todas às partes do mundo.

    ResponderExcluir
  3. Se o plano dela fosse pré pago, concertesa ela estaria livre desse susto.
    Aqui no Brasil eu queria o fim da cobrança de deslocamento DDD.

    ResponderExcluir