sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Vivo anuncia diversos investimentos em Manaus, incluindo 4G

O que você achou? 
Vivo vai antecipar os planos para implementar a rede 4G na capital amazonense de dezembro para setembro deste ano.

A medida foi anunciada em coletiva de imprensa, junto com os investimentos de R$ 280 milhões em infraestrutura na cidade.

Nos planos de investimento constam a instalação mais 31 antenas em Manaus, totalizando uma cobertura de 226 até o final do ano. Mais 100 antenas estão previstas para a cidade até a Copa de 2014.

Outra medida anunciada foi a ligação da capital amazonense ao sistema nacional de rede de transportes da Vivo até setembro, por meio da fibra óptica do linhão de Tucuruí, o que vai possibilitar maior tráfego de dados.

“Nosso tráfego aumentou em 300% devido a uma classe que evoluiu e agora compra smartphones. Nossos investimentos estão acompanhando esse crescimento”, disse o diretor regional da Vivo no Norte, Emerson Martins. O Linhão de Tucuruí está sendo custeado pelas operadoras Vivo e Tim. Os cabos percorrem uma rota de 2079 km de extensão.

O direto-geral da Vivo, Paulo Cesar Teixeira, apresentou a estratégia de instalar antenas sustentáveis pela cidade, na forma de postes.A antena seria sustentada por fibra óptica debaixo do solo e pequenas antenas ficariam próximas às luminárias.

Segundo o diretor-geral, elas teriam menor cobertura, porém, seriam instaladas em várias áreas da cidade. “Já temos essas antenas com projetos aprovados no Rio de Janeiro e em Brasília. Agora, precisamos dialogar com a prefeitura de Manaus para que possamos agilizar projetos de lei que viabilizem estas antenas”, explicou Teixeira.

Teixeira também apresentou dados sobre os motivos que interrompem a cobertura da rede na cidade de Manaus. Mais de 80% dos casos envolvem a queda de energia na cidade e o restante se resume em furtos das baterias das antenas.

“As baterias adicionais duram um certo período, mas, se a falta de abastecimento persiste elas acabam queimando. Elas também tem um valor alto no mercado, o que aumenta os furtos. Já estamos com planos de adicionar mais baterias às antenas, assim como ampliá-las na cidade”, disse.

O diretor-geral da empresa se reuniu nesta manhã na sede da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) para tratar da avaliação da abertura Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) de Telefonia. Questionado sobre a reunião, Teixeira respondeu que a empresa está cumprindo com a atendimento da demanda.

“Dois anos atrás foi nos feito uma demanda e estamos cumprindo. Agora, o sistema cresceu e também estamos ampliando nossos investimentos. É preciso paciência. O vice-governador me disse que somos uma empresa que confiamos no Amazonas e que chegamos a todos os municípios do interior. Então, estamos fazendo o possível para levar mais qualidade ao nosso serviço”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário