quinta-feira, 22 de agosto de 2013

TIM bisbilhota dados de Dilma e presidência exige explicações

O que você achou? 
Dois funcionários da TIM resolveram fuçar dados cadastrais de Dilma Roussef no Serasa (serviço de proteção ao crédito) e arrumaram um contratempo para a operadora, que terá de prestar esclarecimentos ao Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República. Como Dilma não utilizou serviços da empresa, a invasão é considerada injustificável.

Até o momento, se sabe que os empregados espiões foram demitidos por violação de código de conduta. Também houve acesso indevido ao perfil do ex-presidente Lula que, assim como sua sucessora, também afirma não ter entrado em contato com a operadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário