quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Teles móveis fazem mutirão no Paraná

O que você achou? 
As operadoras de telefonia móvel do Paraná iniciam hoje (01) mutirão de atendimento em todo o Estado do Paraná para resolução de problemas. A ação é apenas um dos compromissos constantes do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado com a CPI da Telefonia Móvel da Assembleia Legislativa no dia 19 de junho. Oi, TIM, Vivo, Claro e Sercomtel devem fazer ampla convocação de clientes por rádio e televisão para comparecerem nas lojas ou agências dos Correios (em municípios onde não há pontos de venda).

Nos jornais, os anúncios foram publicados no dia 25 de Julho. “Os consumidores devem aproveitar esse momento para resolverem seus problemas. As empresas têm cinco dias para receber e verificar a reclamação e mais cinco para dar uma solução”, explica o deputado Leonaldo Paranhos (PSC), que presidiu a CPI.

Até o próximo dia 05, a CPI deve encaminhar às operadoras as mais de 15 mil reclamações recebidas pela central móvel que percorreu o Estado entre 08 e 29 de maio, passando por Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Pato Branco, Guarapuava, Ponta Grossa, Londrina, Maringá, Campo Mourão, Cascavel e Curitiba.

“Estamos finalizando o relatório e fazendo a triagem das denúncias para enviar às operadoras apenas as queixas que dizem respeito a problemas pontuais, deixando de fora as reclamações sobre falta de sinal, cuja solução depende de outras ações, que também serão executadas”, enfatiza Jefferson Abade, coordenador geral da CPI.

A fiscalização do mutirão será da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa e pelos órgãos de defesa do consumidor, como Procon, OAB e Ministério Público. No TAC, as operadoras também se comprometeram a entregar à Comissão de Defesa do Consumidor, até 31 de agosto, plano de investimentos para o Paraná. “Nesse plano devem estar contemplados investimentos que representem melhora significativa do sinal em médio prazo”, avisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário