sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Internet móvel brasileira é a mais cara da América Latina

O que você achou? 
A internet móvel brasileira é fruto de intensa reclamação dos usuários pela baixa velocidade e qualidade do sinal, mas estes não são seus únicos problemas. Uma pesquisa da GSMA mostra que, além de ruim, ela é bem cara, figurando como a mais custosa de toda a América Latina.

A análise leva em conta 16 países da região e a evolução dos valores da banda larga móvel nestes locais entre 2010 e 2013. No geral, os preços diminuiram por toda a América Latina, com uma exceção: o Brasil, onde os preços aumentaram.

O país lidera o ranking de custos mais altos em dois quesitos. Quando comparados planos de modems com franquia de pelo menos 1 GB, o custo brasileiro é de US$ 32 contra uma média de US$ 15,60 na região. Já para celulares com franquia de pelo menos 1 GB, o custo é de US$ 24,70, comparado com a média de US$ 14,44.

A pesquisa mostrava que o país não estava perto de liderar os rankings em 2010. O país ofereceria preços mais competitivos tanto em modem quando em celulares.

Contudo, nos pacotes mais populares, o Brasil ainda oferece valores mais aceitáveis. A banda larga para smartphones com franquia a partir de 250 MB custa em média US$ 5,90. O custo desta faixa caiu além do que foi registrado na região. O valor é 30% do que era cobrado em 2010, contra uma média de 48% de outros países latinos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário